Lee Morgan

Lee Morgan (Filadélfia, 10 de Julho de 1938 - Nova Iorque, 19 de Fevereiro de 1972) foi um trompetista e compositor de jazz norte-americano.[1][2]

Edward Lee Morgan
Lee Morgan (1959)
Informação geral
Nascimento 10 de julho de 1938
Origem Filadélfia, Pensilvânia, Estados Unidos
Gênero(s) Bebop, hard bop
Instrumento(s) Trompete
Gravadora(s) Blue Note Records, Vee-Jay Records

Ele surgiu no cenário da música dos Estados Unidos como membro da banda de Dizzy Gillespie e ganhou projeção no Jazz Messengers, grupo liderado pelo baterista Art Blakey. Dono de um estilo fluente, lírico e fortemente ligado ao blues, Morgan foi morto com um tiro no coração por sua esposa em um clube de jazz de Nova York. Até hoje, o episódio não foi completamente esclarecido. O ciúme teria sido o motivo do crime que privou o jazz de uma estrela ascendente.[3]

Referências

  1. Steve Huey. «Lee Morgan | Biography & History». AllMusic 
  2. McMillan, J.S., (2008). DelightfuLee: the life and music of Lee Morgan, University of Michigan Press, p.1
  3. «A carreira marcante e curta de Lee Morgan». Veja. 29 de março de 2019 
  Este artigo sobre um músico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.