Abrir menu principal

Lennart Johansson

futebolista sueco
Lennart Johansson
Nascimento 5 de novembro de 1929
Morte 4 de junho de 2019 (89 anos)
Cidadania Suécia
Ocupação político, dirigente esportivo
Prêmios Grã-Cruz da Ordem do Mérito da República Federal da Alemanha, Ordem da Amizade

Lennart Johansson (Estocolmo, 5 de novembro de 1929 - Estocolmo, 4 de junho de 2019) foi um dirigente desportivo sueco, presidente da União das Associações Europeias de Futebol (UEFA), de 1990 a 2007, e vice-presidente da Federação Internacional de Futebol (FIFA).[1]

BiografiaEditar

Foi presidente do AIK Solna, clube do subúrbio de Estocolmo. A experiência como presidente do clube o levou a ser, em 1984, presidente da Federação Sueca de Futebol (SvFF) e sua gestão durou até 1991. Neste período Johansson já se envolvia com as atividades da UEFA e em abril de 1990, em consequência de sua liderança, foi eleito o quinto presidente da UEFA, cargo esse ocupado anteriormente por Jacques Georges.[2] Permaneceu como presidente da instituição até 2007, quando então em 26 de Janeiro, perdeu as eleições para o jogador francês Michel Platini por 27 votos contra 23.[3]

Johansson foi também vice-presidente da FIFA e em 1998, foi candidato a sucessor do brasileiro João Havelange, presidente da organização, mas foi derrotado por Sepp Blatter. No entanto, continuou trabalhando para o órgão onde adquiriu as funções de presidente do Comité Organizador do Campeonato do Mundo e do Bureau 2006 FIFA World Cup Germany. Foi também membro do Comité de Emergência e do de Estudos Estratégicos.

Nos últimos anos de vida, Lennart Johansson residiu em Estocolmo.

Referências

  1. «Morreu ex-presidente da UEFA Lennart Johansson». Jornal de Notícias. 5 de junho de 2019. Consultado em 5 de junho de 2019 
  2. «Johansson wants Uefa re-election». BBC Online. 11 de julho de 2006. Consultado em 11 de julho de 2006 
  3. «Platini supera Johansson e é eleito presidente da Uefa». UOL. 26 de janeiro de 2007. Consultado em 31 de julho de 2009