Abrir menu principal

Wikipédia β

Lennox Claudius Lewis, CM OBE (Londres, 2 de setembro de 1965) é um ex-boxeador peso-pesado britânico com cidadania canadense e medalhista de ouro olímpico que se tornou campeão do mundo na década de 1990.

Lennox Lewis
Campeão mundial dos pesos pesados
Lennox Lewis em janeiro de 2008.
Boxe
Nome completo Lennox Claudius Lewis
Nascimento 2 de setembro de 1965 (51 anos)
Londres, Inglaterra
Nacionalidade Reino Unido britânica
Canadá canadense
Compleição Altura: 1,96 m

Mudou-se com a mãe para o Canadá quando tinha 12 anos. Começou no boxe amador em um clube de Kitchener, Ontário e tornou-se campeão canadense dos superpesados. Representando o Canadá, conquistou o campeonato mundial amador em 1982, a medalha de ouro nos Jogos da Commonwealth em Edimburgo 1986, a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Indianápolis em 1987 e finalmente o ouro Olímpico em Seul 1988, quando superou Riddick Bowe na final da categoria dos superpesados.

Profissionalizou-se em junho de 1989, quando começou a lutar na Grã-Bretanha. Tornou-se campeão europeu dos pesos-pesados em outubro de 1990, campeão britânico em março de 1991 e campeão da Commonwealth em maio de 1992. Nesse mesmo ano, foi declarado campeão mundial pelo Conselho Mundial de Boxe (WBC) quando Riddick Bowe preferiu renunciar o título a ter que lutar com Lewis.

Fez três bem-sucedidas defesas do título (uma delas contra Frank Bruno), mas em setembro de 1994 foi surpreendentemente nocauteado por Oliver McCall, a primeira derrota de sua carreira. Posteriormente, teve dificuldade para disputar o título de campeão do mundo, pois os campeões o evitavam, mas em fevereiro de 1997 derrotou McCall para recuperar o cinturão de ouro da WBC e registrar a trigésima vitória em 31 lutas profissionais. Manteve o título ao lutar contra o norte-americano Shannon Briggs em março de 1998, mas em 13 de março de 1999 a tão esperada luta contra o norte-americano Evander Holyfield para unificar o título mundial dos pesos pesados terminou com um controvertido empate, em Nova York.

Os três jurados dividiram-se com relação ao resultado. Segundo o sul-africano Stanley Christodolou, Lewis venceu por 116 a 113; a juíza norte-americana Eugenia Williams concedeu vantagem de 115 a 113 para Holyfield; e o britânico Larry O’Conner declarou o empate, com 115 pontos para cada lutador. Um novo combate foi organizado em 14 de novembro de 1999, e desta vez venceu Holyfield na luta pela unificação do título mundial dos pesos pesados. A luta foi disputada no Thomas and Mack Center, em Las Vegas, e foi vitorioso por decisão unânime dos juízes.

Ligações externasEditar