Leo Sternbach
Nascimento 7 de maio de 1908
Opatija
Morte 28 de setembro de 2005 (97 anos)
Chapel Hill
Alma mater Universidade Jaguelônica
Prêmios National Inventors Hall of Fame (2005)
Campo(s) Química

Leo Henryk Sternbach (Opatija, 7 de maio de 1908Chapel Hill, 28 de setembro de 2005) foi um químico judeupolonês nascido no então Império Austro-Húngaro, hoje parte da Croácia.

A ele é creditada a descoberta das benzodiazepinas — uma classe de tranquilizantes que deu origem ao Valium — e mais 240 patentes, muitas das quais ajudaram a tornar a Roche uma gigante farmacêutica.

BiografiaEditar

Sternbach doutorou-se em Química pela Universidade Jaguelônica, em 1931. Começou trabalhando na Roche (1940), mas a ocupação nazista o obrigou a emigrar para os Estados Unidos.

Entre suas descobertas mais importantes estão o clordiazepóxido (comercializado como Librium), o diazepam (Valium), flurazepam (Dalmane), nitrazepam (Mogadon), clonazepam (Klonopin) e o trimetafam (Arfonad).

LegadoEditar

Sternbach está no New Jersey Inventor's Hall of Fame e, alguns meses antes de morrer, foi admitido no National Inventors Hall of Fame, no Museu de Akron, Ohio.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.