Abrir menu principal

Os Amantes do Tejo

filme de 1955 dirigido por Henri Verneuil
(Redirecionado de Les Amants du Tage)
Les Amants du Tage
Os Amantes do Tejo (PRT/BRA)
Vista sobre a Baixa de Lisboa e o rio Tejo, onde foi rodado o filme.
 França
1955 •  pb •  110 min 
Realização Henri Verneuil
Correalização Claude Pinoteau
Produção Ray Ventura
Jacques Gauthier
Argumento Marcel Rivet
Baseado em Les Amants du Tage de Joseph Kessel
Elenco Daniel Gélin
Françoise Arnoul
Trevor Howard
Género drama
Cinematografia Roger Hubert
Edição Christian Gaudin
Companhia(s) produtora(s) Entreprise Générale Cinématographique
Hoche Productions
Distribuição Les Films Corona (França)
Filmes Lusomundo (Portugal)
Lançamento Portugal 18 de janeiro de 1955
França 16 de março de 1955
Idioma francês
Página no IMDb (em inglês)

Os Amantes do Tejo[1][2] (em francês: Les Amants du Tage) é um filme francês do género drama, realizado por Henri Verneuil e escrito por Marcel Rivet, com base no romance homónimo de Joseph Kessel. Estreou-se em Portugal a 18 de janeiro de 1955,[3] e em França a 16 de março do mesmo ano.[4]

ArgumentoEditar

O francês Pierre Roubier após ser julgado em França pelo assassinato da sua esposa, acaba tornando-se um motorista de táxi em Lisboa. É neste ramo que Pierre conhece a sedutora Katleen Dinver, uma viúva, e logo se apaixona perdidamente por ela. Mas Pierre descobre que Katleen é suspeita de assassinar seu marido. Prestes a partirem juntos para começar uma nova vida noutro lugar, a verdade separará os amantes para sempre.

ElencoEditar

Referências

  1. «Françoise Arnoul quase morre afogada em Portugal». Jornal do Brasil, 2º caderno. 5 de agosto de 1956. p. 12. Consultado em 5 de setembro de 2018 
  2. Os Amantes do Tejo no SapoMag (Portugal)
  3. «Cinema Português: Cronologia —1955». Instituto Camões. Consultado em 4 de dezembro de 2015 
  4. «Les Amants du Tage» (em francês). AlloCiné. Consultado em 4 de dezembro de 2015 
  Este artigo sobre um filme francês é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.