Lev Artsimovich

Lev Artsimovich
Nascimento 25 de fevereiro de 1909
Moscou, URSS
Morte 1 de março de 1973 (64 anos)
Moscou, URSS
Sepultamento Cemitério Novodevichy
Cidadania Império Russo, Rússia bolchevique, União Soviética
Ocupação físico, inventor, professor universitário
Prêmios Prêmio Stalin, Prêmio Estatal da URSS, Ordem de Lenin, Herói do Trabalho Socialista, Prêmio Lenin, Ordem da Bandeira Vermelha do Trabalho, Membro da Academia Americana de Artes e Ciências
Empregador Instituto Ioffe, Instituto Kurchatov, Universidade Estatal de São Petersburgo
Obras destacadas tokamak
Campo(s) Física

Lev Andreievich Artsimovich[nota 1] (em russo: Лев Андреевич Арцимович; 25 de fevereiro de 19091 de março de 1973) foi um físico e acadêmico soviético, membro da presidência da Academia Soviética de Ciências.

Pesquisa acadêmicaEditar

Artsimovich trabalhou principalmente na área de fusão nuclear e física de plasmas.[1]

De 1930 a 1944 trabalho no Instituto Ioffe, e em 1944 ele passou a integrar o Instituto de Energia Atômica (atualmente conhecido como Instituto Kurchatov) para trabalhar no projeto soviético da bomba atômica. De 1951 até sua morte em 1973, foi chefe do programa soviético de energia de fusão.

Artsimovich é também conhecido como "o pai do Tokamak",[2] um conceito para reator de fusão termonuclear controlada. Sob sua liderança, uma reação termonuclear foi produzida em laboratório pela primeira vez.

De 1963 até 1973 ele foi o vice-presidente do Comitê Pugwash soviético e presidente do Comitê Nacional de Físicos Soviéticos.

Foi eleito Membro Honorário Estrangeiro da Academia de Artes e Ciências dos Estados Unidos em 1966.[3] A cratera Artsimovich na Lua foi designada em sua homenagem.

Sepultado no Cemitério Novodevichy.

Notas

  1. Essa é a romanização mais comum na língua inglesa encontrada para o seu nome (Лев Андреевич Арцимович), mas a transliteração pode variar conforme o sistema utilizado: Lev Andreevič Arcimovič conforme a ISO 9, Lev Andreevich Arcimovich segundo a norma GOST 7.79B e Lev Andreevitch Artsimovitch como sugere o manual da Folha de S.Paulo.

Referências

  1. Coppi, Bruno, Feld, Bernard T. (julho de 1973). «Obituary: L. A. Artsimovich». Physics Today. 26 (7): 60–61. Bibcode:1973PhT....26g..60C. doi:10.1063/1.3128152. Consultado em 10 de julho de 2014. Arquivado do original em 27 de setembro de 2013 
  2. Fusion power - a step in the right direction. [S.l.: s.n.] 
  3. «Book of Members, 1780-2010: Chapter A» (PDF). American Academy of Arts and Sciences. Consultado em 25 de abril de 2011 

Ligações externasEditar