Liga Independente das Escolas de Samba de Joaçaba e Herval d'Oeste

A Liga Independente das Escolas de Samba de Joaçaba e Herval d'Oeste (LIESJHO) foi fundada em 4 de Junho de 1996, visando uma melhor adequação do carnaval de rua, cujo crescimento era acentuado.

O carnaval de rua de Joaçaba, tem uma longa história e desde a década de 70 ele já despertava a atenção da região oeste de Santa Catarina, transformando-se, a partir de 1990, no melhor carnaval do estado.

Pequenas Escolas de Samba, que representavam os bairros, transformaram-se em três grandes escolas, unindo os municípios de Joaçaba e de Herval d'Oeste, que são separados apenas pelo Rio do Peixe.

A partir dessa nova formatação e com a criação da Liga Independente das Escolas de Samba, o Carnaval de Rua de Joaçaba ganhou nova projeção e o evento passou a ter um perfil extremamente profissional, já que toda a sua estrutura, organização e desenvolvimento tem como referencial o maior carnaval do mundo, que é o carnaval do Rio de Janeiro.

A LIESJHO - Liga Independente das Escolas de Samba de Joaçaba e Herval D'oeste, procurou implementar uma série de melhorias ao evento, tanto no aspecto técnico como artístico, o que tem contribuído, acentuadamente, para o seu grande sucesso.

Diretoria AtualEditar

Diretoria executiva
Nome Função
  Felipe D'Agostini Presidente
  Sérgio de Giacometti Vice Presidente
  Gilmar Bonamigo Tesoureira
  Márcia Yamaguchi Secretária
  Euclides Albuquerque Diretor de Carnaval
  César Junqueira Diretor Social/Esportivo
  Oswaldo Colombo Diretor Comercial
  Diovan da Rosa Diretor de Patrimônio
  Jane Bulgarelli Diretora Jurídica
Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal
Nome Função
  Acácio Ysao Yamaguti Presidente do Conselho Deliberativo
  Getúlio Galvão Vice Presidente do Conselho Deliberativo
  Marli Castilhos Presidente Conselho Fiscal
  Mauro Matevi Vice Presidente do Conselho Fiscal


As Escolas de SambaEditar

Escola Ref.
Aliança [1]
Dragões do Grande Vale [1]
Vale Samba}} [1]
Unidos do Herval [1]


Referências

  1. a b c d LIESJHO. «Escolas de samba». Consultado em 8 de abril de 2013 [ligação inativa]