Lima Maru


Lima Maru (りま丸?) foi um navio cargueiro japonês utilizado para transporte de tropas do Exército imperial durante a Segunda Guerra Mundial. Foi torpedeado pelo submarino USS Snook, em 8 de fevereiro de 1944, no Mar da China Oriental, com grande perda de vidas.

Lima Maru
 Japão
Proprietário Nippon Yusen Kaisha - NYK, de Tóquio.
Construção 1915, por Mitsubishi Dockyard & Engineering, de Nagasáqui.
Lançamento 1919
Período de serviço 19201944
Estado naufragado
Destino Afundado em 8 de fevereiro de 1944, pelo USS Snook.
Características gerais
Tipo de navio cargueiro
utilizado para transporte de tropas.
Classe classe Toyooka Maru
Tonelagem 7 375 GRT[1]
(outras fontes indicam 6 989 GRT,[2][3] ou ainda, 7 250 GRT[4]).
Largura 17,7 m
Maquinário dois motores a vapor de tripla expansão, com eixo duplo e 620 IHP.
Comprimento 135,6 m
Calado 10,4 m
Propulsão a vapor com duas hélices
Velocidade 14,5 nós

O NavioEditar

O Lima Maru foi construído em 1919 e lançado no ano seguinte pela Mitsubishi Zosen Kaisha em Nagasáqui sob encomenda da companhia de navegação Nippon Yusen Kaisha, de Tóquio.[4]

Possuía 135,6 metros de comprimento, 17,7 metros de largura, calado de 10,4 metros e uma tonelagem entre 6.989 e 7.375 GRT.[1]

ServiçoEditar

No mesmo ano de seu lançamento, empreendeu uma viagem a Nova Iorque, e, entre 1937 e 1939, foi requisitado algumas vezes pelo governo japonês para transporte de tropas no esforço de guerra contra a China. Em setembro de 1941, foi novamente requisitado pelo exército imperial, e, em dezembro, já com as hostilidades com os Estados Unidos em curso, participou da invasão das Filipinas.[4]

Em fevereiro de 1942, transportou soldados que participariam da ocupação japonesa da Indonésia, em especial na captura de Palembang, na Ilha de Sumatra (Operação L). Na ocasião, aviões da RAF atacaram o comboio e afundaram o cargueiro Inabasan Maru e danificaram alguns outros. O Lima Maru escapou ileso.[4]

O afundamentoEditar

Às 12:30 de 7 de fevereiro de 1944, o Lima Maru, com 3.241 soldados a bordo[2] parte de Moji, com destino a Takao, em um comboio denominado MOTA-02, com mais quinze embarcações .[4]

No dia seguinte, na costa oeste de Kyushu, por volta das 22:00, o USS Snook torpedeia e afunda um dos cargueiros do comboio, o Shiranesan Maru, causando 135 baixas, e, às 22:20, 30 milhas a sudeste das Ilhas Goto, já no Mar da China Oriental, o mesmo submarino afunda o Lima Maru. Atingido por três torpedos no segundo porão a estibordo, perto da casa de máquinas e na popa, o navio afundou em três minutos na posição 31° 05' N 127° 31' E. 2.696 soldados, quatro passageiros, nove artilheiros e 56 tripulantes são mortos na ação, totalizando o número de baixas em 2.765 vítimas.[2]

Ver tambémEditar

ReferencesEditar

  1. a b «Lima Maru (+1944)». Wrecksite. Consultado em 23 de dezembro de 2019 
  2. a b c «Convoy Mo-Ta-06 (モタ61船団)» (PDF). All Japan Seamen's Union. Consultado em 22 de dezembro de 2019 
  3. «Cronograma de perda de navios durante a Guerra do Pacífico - página 17 太平洋戦争時の喪失船舶明細表(汽船主体)» (PDF). Sunken Ships Record Association (戦没船を記録する会). Consultado em 22 de dezembro de 2019 
  4. a b c d e Hackett, Bob (2013–2016). «IJA Transport LIMA MARU:Tabular Record of Movement». www.combinedfleet.com. Consultado em 22 de dezembro de 2019