Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Se procura o argonauta, veja Linceu (argonauta).

Linceu, na mitologia grega, foi um dos cinquenta filhos de Egipto,[1] que se casaram com as cinquenta filhas de Dânao, irmão de Egipto e rei de Argos.[2]

Dânao ordenou às suas filhas que matassem os seu esposos no dia do casamento, o que foi feito quando estes estavam dormindo, mas Linceu foi poupado por Hipernestra, porque Linceu respeitou a sua virgindade.[2]

As outras filhas de Dânao enterraram as cabeças dos maridos (e primos) em Lema, prestaram honras fúnebres em frente à cidade e foram purificadas por Atena e Hermes por ordem de Zeus.[2]

Dânao faz o casamento de Hipermnestra e Linceu, e casa suas outras filhas com os vencedores de uma competição atlética.[2]

Linceu reinou em Argos após a morte de Dânao e, com Hipermnestra, foi o pai de Abas.[2]

Ver tambémEditar

Árvore genealógica baseada em Pseudo-Apolodoro,[1][2][3] por simplificação os meio-irmãos de Linceu e Hipermnestra não foram representados:

Belo
Anquínoe
Argípia
Egipto
Dânao
Elefantis
Linceu
Proteu
Hipermnestra
Gorgófona
Abas


Precedido por
Dânao
Rei de Argos
Sucedido por
Abas, filho de Linceu

Referências