Abrir menu principal
Linda Arvidson
Cerca de 1916
Nome completo Linda Arvidson Johnson
Outros nomes Linda Griffith
Nascimento 12 de julho de 1884
São Francisco, Califórnia, EUA
Nacionalidade norte-americana
Morte 26 de julho de 1949 (65 anos)
Nova Iorque, Nova Iorque, EUA
Ocupação Atriz
Atividade 1907-1916
Cônjuge D. W. Griffith (1906-1936)

Linda Arvidson (12 de julho de 1884 – 26 de julho de 1949) foi uma atriz norte-americana da era do cinema mudo.[1][2]

BiografiaEditar

Linda Arvidson foi a primeira esposa do diretor D. W. Griffith (1906–1936). Ela interpretou nos papéis principais em muitos de seus primeiros filmes. Embora, ela foi por vezes creditada como Linda Griffith. O casal separou por volta de 1912 e, finalmente, divorciaram-se em 1936, quando Griffith pretendia se casar novamente. Em 1925, ela escreveu sua autobiografia, When the Movies Were Young (1925, 1968). Ela é mencionada em The Biograph Girl, um romance de William J. Mann, baseado em Florence Lawrence. Ela atuou em 154 filmes entre 1907 e 1916.[3]

Filmografia selecionadaEditar

  • The Adventures of Dollie (1908)
  • The Bandit's Waterloo (1908)
  • Balked at the Altar (1908)
  • After Many Years (1908)
  • The Taming of the Shrew (1908)
  • The Pirate's Gold (1908)
  • The Song of the Shirt (1908)
  • A Woman's Way (1908)
  • The Clubman and the Tramp (1908)
  • His Daughter (1911)
  • How She Triumphed (1911)
  • Enoch Arden (1911)
  • The Miser's Heart (1911)

Referências

  1. «Linda Arvidson» (em inglês). MSN Entretenimento. Consultado em 6 de novembro de 2014 
  2. «Linda Arvidson» (em inglês). BFI. Consultado em 6 de novembro de 2014 
  3. Linda Arvidson (em inglês) no Find a Grave

BibliografiaEditar

  • Linda Arvidson Griffith When the Movies were Young Dover Publications (1925, reprinted in 1968) ISBN 0-486-22300-0

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.