Abrir menu principal
Line Records
Fundação março de 1991 (28 anos)
Fundador(es) Edir Macedo
Gênero(s) Música gospel
País de origem  Brasil
Localização Rio de Janeiro, RJ
Página oficial www.linerecords.com.br

Line Records é uma gravadora de música gospel, um selo da Record Produções e Gravações.[1] Foi fundada no Rio de Janeiro, em março de 1991 com o objetivo de atender à demanda de música no mercado gospel e também no mercado secular.[2] É associada à ABPD.[3]

Índice

HistóriaEditar

A Line Records surgiu em 1991 para suprir a demanda do mercado gospel que estava em amplo crescimento naquela época. É ligada a Igreja Universal do Reino de Deus, e pertence ao grupo Record Produções.[4] A gravadora foi responsável por lançar vários cantores entre eles, Jamily, Gisele Nascimento, Michelle Nascimento, Beno César, Robinson Monteiro entre outros.

A gravadora também lançou diversas coletâneas. Uma das mais populares era as intituladas Louvor Delas, onde havia uma seleção com músicas de cantoras e Louvor Deles, só com músicas dos cantores.[5] Outra coletânea de marca registrada é As canções preferidas do Bispo Macedo. Lançada em 6 volumes, as coletâneas registravam as músicas preferidas do Bispo. Alguns volumes registraram vendas de mais de 100 mil cópias.[6]

Mas a partir de 2003, a gravadora colocou no mercado a Seleção de Ouro, a coletânea mais popular. Inicialmente, dez cantores tiveram suas seleções lançadas, mas devido ao grande sucesso a gravadora decidiu lançar seleções de mais cantores. E logo depois, algumas seleções tiveram segundo volume. O diferencial desta coletânea é que não apenas as músicas de sucesso eram incluídas no CD. Além disso, nas seleções não havia músicas apenas gravadas na Line, mas sim em outras gravadoras também.[7]

Para divulgar melhor os seus produtos, a gravadora apostou em um programa de televisão, chamado Gospel Line. O programa estreou em 1995 e ficou no ar até 2007. A Line Records já se chamou Record Music.

Em 12 de julho de 2007, para comemorar os 15 anos da gravadora, foi feito um show no Vivo Rio, com a participação de vários artistas do cast. Este show foi lançado em DVD.[8] A gravadora também acumula uma série de prêmios. Entre eles , três vitórias no Grammy Latino com os álbuns Deixa o Teu Rio me Levar, Tengo Sed de Ti e Som da Chuva, todos da cantora Soraya Moraes.[9] Além disso, a gravadora também ganhou o prêmio Brazilian Gospel Music em 2010, na Categoria Gravadora Destaque nos Estados Unidos.[10] E também acumula vários prêmios no Troféu Talento, em diversas categorias.

A Line Records foi a primeira gravadora a adotar a política de baixos preços. Ou seja, numa tentativa de evitar a pirataria, alguns CDs eram comercializados a preços baixos para estimular a compra dos trabalhos originais.[11]

Em fevereiro de 2012, foi anunciado que a Line Records estaria pretendendo finalizar as atividades e quitar suas dívidas nos próximos cinco anos.[12][13] Em 2013, os artistas que estavam na gravadora foram transferidos para a MC Editora Gospel, de Mauro Macedo.[14]

Artistas exclusivos[15]Editar

Ex-artistasEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. Luz, Érica de Campos Visentini da (fevereiro de 2008). A produção musical evangélica no Brasil (PDF). (Tese, Doutorado em História). São Paulo: USP - Biblioteca Digital. p. 142 
  2. «Line Records». Line Records. Consultado em 9 de outubro de 2015 
  3. «Line Records - ABPD». ABPD. Consultado em 9 de outubro de 2015 
  4. «Série gravadoras gospel: Line Records». Gospel Prime. 26 de setembro de 2011. Consultado em 9 de outubro de 2015 
  5. «Line Records lança o oitavo volume das coletâneas Louvor Delas e Louvor Deles». Gospel Mais. 3 de outubro de 2008. Consultado em 9 de outubro de 2015 
  6. «As músicas preferidas do Bispo Macedo virarão CD produzido pela Line Records». Gospel Mais. 13 de julho de 2009. Consultado em 9 de outubro de 2015 
  7. «Sucesso de vendas, coletânea da Line ganhará segundo volume, incluindo disco do grupo Som Maior». Universo Musical. 20 de agosto de 2004. Consultado em 9 de outubro de 2015 
  8. «Line Records comemora 15 anos com show e DVD». Efrata Music. 13 de julho de 2007. Consultado em 9 de outubro de 2015 
  9. «Soraya Moraes vence o Grammy Latino em três categorias». Assembléia de Deus Maringá. 14 de novembro de 2008. Consultado em 9 de outubro de 2015 
  10. «Line Records é homenageada no Canta América 2010». O Melhor do Gospel. 23 de agosto de 2010. Consultado em 9 de outubro de 2015 
  11. «Line Records combate a pirataria com a política de preços baixos». Gospel Prime. 26 de outubro de 2010. Consultado em 9 de outubro de 2015 
  12. Lauro Jardim (11 de fevereiro de 2012). «Fim de linha». Radar On Line. Veja. Consultado em 4 de setembro de 2016 
  13. «Edir Macedo fecha gravadora Line Records». NaTelinha. UOL. 13 de fevereiro de 2012. Consultado em 4 de setembro de 2016 
  14. Lauro Jardim (16 de janeiro de 2013). «Rival retaliado». Radar On Line. Veja. Consultado em 4 de setembro de 2016 
  15. «Artistas». linerecords.com.br. Consultado em 13 de outubro de 2013 

Ligações externasEditar