Lista de prefeitos de Marabá

artigo de lista da Wikimedia

Este anexo é a lista de prefeitos de Marabá, que mostra todos os prefeitos que governaram o município brasileiro de Marabá desde 1913.

Prefeito de Marabá
No cargo
Tião Miranda

desde 1º de janeiro de 2017
Duração 4 anos
Criado em 1913
Primeiro titular Antonio da Rocha Maia

Em duas ocasiões anteriores a 1913, Marabá teve autonomia administrativa reconhecida. A primeira dessas ocasiões foi entre 1808 e 1810, em que foi fundada a freguesia de São João das Duas Barras (por vezes mencionada como Barra do Tacay-Una), mas não há registros conhecidos indicando a existência de "presidentes de conselho paroquial".[1] Em 1908 Marabá foi anexada ao Goyaz e elevado á categoria de comarca, sendo nomeado Antonio Maia para ocupar a função de juiz desta, e Norberto de Melo como chefe da coletoria. Embora ambos os casos estejam registrados na história, não se considera que houve um representante que ocupasse as funções administrativas municipais.

O primeiro chefe do executivo de Marabá foi Antonio da Rocha Maia. No mesmo decreto de criação do município, o governador Enéas Martins nomeou Maia para o cargo de Presidente da Comissão Administrativa de Marabá. Um ano depois, em 1914, Maia foi eleito intendente municipal (cargo que corresponde ao de Prefeito).

Durante a era Vargas os prefeitos do município foram diretamente indicados pelo governo estadual. Da mesma forma ocorreu durante o regime militar instalado pelo golpe de 1964. Em 30 de outubro de 1970, o então presidente Emílio Garrastazu Médici assinou o decreto-lei nº 1.131, que transformou o município em Área de Segurança Nacional.[2]

Em 1985 Marabá deixa de ser área de Segurança Nacional e na eleição para prefeito - a primeira eleição direta realizada sob a égide da Nova República - Hamilton Bezerra (PMDB) derrota Vavá Mutran (PDS), cessando uma longa hegemonia na política local, da chamada "oligarquia da castanha". Tal fato aconteceu devido o apoio de boa parte das lideranças camponesas, do então governador Jader Barbalho e de movimentos sociais.[3]

Chefes do executivo municipal antes de 1913Editar

Intendente geral[4]
Nome Partido Início do mandato Fim do mandato Observações
1 Manuel Inácio de Melo e Sousa Partido Português 18 de março de 1809 25 de fevereiro de 1814 Intendente-geral, nomeado pelo ouvidor da capitania-comarca
Líder do governo provisório municipal[5]
Nome Partido Início do mandato Fim do mandato Observações
2 Norberto da Silva Mello Republicanos-Facção Pró-Leda 9 de abril de 1908 11 de setembro de 1908 Líder do governo provisório municipal durante a 2ª revolta de Boa Vista

Presidentes, prefeitos, intendentes e interventores após 1913Editar

Presidente da Comissão Administrativa[6]
Nome Partido Início do mandato Fim do mandato Observações
3 Antônio da Rocha Maia Partido Republicano Paraense 27 de fevereiro de 1913 16 de novembro de 1914 Vogal nomeado pelo presidente do estado do Pará como Presidente da Comissão Administrativa, acumulando também a de presidente da câmara de vogais.
Intendentes[6][7]
Nome Partido Início do mandato Fim do mandato Observações
4 Antônio da Rocha Maia Partido Republicano Paraense 16 de novembro de 1914 15 de agosto de 1917 Primeiro intendente eleito pelo voto popular
5 Pedro Peres Fontenelle Partido Republicano Paraense 15 de agosto de 1917 28 de julho de 1919 Intendente eleito
6 João Anastácio de Queiroz Partido Republicano Federal - Seção Pará 28 de julho de 1919 13 de outubro de 1921 Intendente nomeado pelo presidente do estado
João Anastácio de Queiroz Partido Republicano Federal - Seção Pará 13 de outubro de 1921 27 de outubro de 1923 Intendente reeleito
João Anastácio de Queiroz Partido Republicano Federal - Seção Pará 27 de outubro de 1923 11 de novembro de 1930 Intendente reeleito
Interventores[6][8]
Nome Partido Início do mandato Fim do mandato Observações
7 Acindino Monteiro Nunes Aliança Liberal 11 de novembro de 1930 11 de março de 1932 Interventor municipal nomeado pela Junta governativa paraense de 1930
8 Francisco de Souza Ramos Aliança Liberal 11 de março de 1932 5 de setembro de 1933 Interventor municipal nomeado pelo interventor estadual Joaquim de Magalhães Cardoso Barata
9 João Rodrigues Coelho Aliança Liberal 5 de setembro de 1933 16 de março de 1934 Interventor municipal nomeado pelo interventor estadual Joaquim de Magalhães Cardoso Barata
10 Carlos Augusto de Mendonça Aliança Liberal 16 de março de 1934 13 de abril de 1935 Interventor municipal nomeado pelo interventor estadual Joaquim de Magalhães Cardoso Barata
11 Francisco de Souza Ramos 13 de abril de 1935 7 de janeiro de 1937 Interventor municipal nomeado pelo interventor estadual Roberto Carlos Vasco Carneiro de Mendonça
12 Augusto de Figueiredo Dias 8 de janeiro de 1937 14 de outubro de 1939
13 José Oscar de Mendonça Virgulino 15 de outubro de 1939 24 de janeiro de 1943
14 João Anastácio de Queiroz 25 de janeiro de 1943 1º de janeiro de 1945 Interventor municipal nomeado pelo interventor estadual Joaquim de Magalhães Cardoso Barata
15 Antônio Vilhena de Souza 1º de janeiro de 1945 17 de novembro de 1945 Interventor municipal nomeado pelo interventor estadual Joaquim de Magalhães Cardoso Barata
16 Bartolomeu de Gonzaga Igreja PTB 17 de novembro de 1945 17 de fevereiro de 1946 Interventor municipal nomeado pelo interventor estadual Joaquim de Magalhães Cardoso Barata
Manoel Pedro de Oliveira 17 de fevereiro de 1946 19 de fevereiro de 1946 Prefeito interino por 48 horas
17 Mario Mazzine 19 de fevereiro de 1946 5 de novembro de 1946
18 Sérvulo de Ferreira Brito 6 de novembro de 1946 30 de janeiro de 1948
19 Alfredo Rodrigues de Monção PSD 31 de janeiro de 1948 30 de janeiro de 1950 1° Prefeito eleito
Prefeitos[6][9][8]
Nome Partido Início do mandato Fim do mandato Observações
20 Antônio Vilhena de Souza[10] PSD 31 de janeiro de 1950 30 de janeiro de 1954 Prefeito eleito
21 Pedro Carneiro de Morais e Silva PSD 31 de janeiro de 1954 30 de janeiro de 1958 Prefeito eleito
22 Nagib Mutran[11] UDN 31 de janeiro de 1958 30 de janeiro de 1962 Prefeito eleito
23 Pedro Marinho de Oliveira[11] UDN 31 de janeiro de 1962 30 de janeiro de 1966 Prefeito eleito
24 Leonel Mendonça Vergolino[11] ARENA 31 de janeiro de 1966 2 de dezembro de 1970 Prefeito eleito
Leonel Mendonça Vergolino ARENA 2 de dezembro de 1970 17 de fevereiro de 1971 Prefeito nomeado
25 Elmano de Moura Melo[11] ARENA 17 de fevereiro de 1971 21 de janeiro de 1972 Prefeito nomeado
26 Pedro Marinho de Oliveira ARENA 22 de janeiro de 1972 11 de fevereiro de 1974 Prefeito nomeado
27 Haroldo da Costa Bezerra Pinheiro ARENA 12 de fevereiro de 1974 11 de março de 1979 Prefeito nomeado
28 Benedito Orlando de Farias Aguiar ARENA 12 de março de 1979 17 de outubro de 1981 Prefeito nomeado
29 Samuel Rodrigues de Monção ARENA 18 de outubro de 1981 13 de julho de 1982 Prefeito nomeado
30 Paulo Bosco Rodrigues Jadão PDS 14 de julho de 1982 31 de dezembro de 1985 Prefeito nomeado
31 Hamilton de Brito Bezerra[12][13] PMDB 1º de janeiro de 1986 31 de dezembro de 1988 Prefeito eleito
32 Nagib Mutran Neto[14][13] PDC 1º de janeiro de 1989 16 de novembro de 1992 Prefeito eleito cassado por decisão judicial
33 Haroldo da Costa Bezerra Pinheiro[13] PMDB 16 de novembro de 1992 31 de dezembro de 1992 Vice-prefeito assume cargo de Prefeito, após cassação do titular
1º de janeiro de 1993 31 de dezembro de 1996 Prefeito eleito
34 Geraldo Mendes de Castro Veloso[13] PFL 1º de janeiro de 1997 31 de dezembro de 2000 Prefeito eleito
PSDB 1º de janeiro de 2001 2 de fevereiro de 2002 Prefeito reeleito falecido durante o mandato
35 Sebastião Miranda Filho PTB 2 de fevereiro de 2002 6 de fevereiro de 2002 Vice-prefeito interino no cargo de Prefeito
6 de fevereiro de 2002 31 de dezembro de 2004 Vice-prefeito eleito no cargo de Prefeito pela câmara
1º de janeiro de 2005 21 de janeiro de 2005 Prefeito reeleito
Maurino Magalhães de Lima[15] PR 21 de janeiro de 2005 20 de abril de 2005 Presidente da Câmara Municipal assume interinamente após afastamento de prefeito e vice
36 Maurino Magalhães de Lima PR 20 de abril de 2005 4 de outubro de 2005 Presidente da Câmara Municipal, eleito para a função de prefeito pela câmara.
Sebastião Miranda Filho[16] PTB 5 de outubro de 2005 31 de dezembro de 2008 Prefeito reeleito reempossado ao cargo
37 Maurino Magalhães de Lima PR 1º de janeiro de 2009 16 de junho de 2010 Prefeito eleito
Nagilson Rodrigues Amoury PRB 16 de junho de 2010 23 de junho de 2010 Vice-prefeito eleito assume funções após afastamento do prefeito
Maurino Magalhães de Lima PR 23 de junho de 2010 30 de julho de 2010 Prefeito eleito reassume funções
Júlia Rosa Veloso[17] PDT 30 de julho de 2010 2 de agosto de 2010 Presidente da Câmara Municipal assume interinamente após afastamento de prefeito e vice
Maurino Magalhães de Lima PR 2 de agosto de 2010 25 de janeiro de 2011 Prefeito eleito reassume funções
Nagib Mutran Neto[18][19] PMDB 25 de janeiro de 2011 1 de fevereiro de 2011 Presidente da Câmara Municipal assume interinamente após afastamento de prefeito e vice
Maurino Magalhães de Lima PR 1 de fevereiro de 2011 4 de outubro de 2012 Prefeito eleito reassume funções
Nagib Mutran Neto[20] PMDB 4 de outubro de 2012 5 de outubro de 2012 Presidente da Câmara Municipal assume interinamente após afastamento de prefeito e vice
Maurino Magalhães de Lima PR 5 de outubro de 2012 30 de outubro de 2012 Prefeito eleito reassume funções
Nagib Mutran Neto PMDB 30 de outubro de 2012 7 de novembro de 2012 Presidente da Câmara Municipal assume interinamente após afastamento de prefeito e vice
Maurino Magalhães de Lima PR 7 de novembro de 2012 31 de dezembro de 2012 Prefeito eleito reassume funções
38 João Salame Neto[21] PMDB 1º de janeiro de 2013 4 de maio de 2016 Prefeito eleito
Luiz Carlos Pies PT 4 de maio de 2016 6 de agosto de 2016[22] Vice-prefeito eleito assume funções após afastamento do prefeito
João Salame Neto[23] PMDB 6 de agosto de 2016 31 de dezembro de 2016 Prefeito eleito reassume funções
39 Sebastião Miranda Filho PTB 1º de janeiro de 2017 em exercício Prefeito eleito

LegendaEditar

cor significado
Verde mandatários eleitos por votação direta
Bege mandatários nomeados diretamente pelo governo estadual ou eleitos indiretamente pela câmara
Azul Assumiram interinamente

Referências

  1. Cargo equivalente ao de "presidente da câmara legislativa", que à época comandava as funções administrativas de uma freguesia
  2. «Ata secreta revela início da reação militar no Araguaia». Estadão 
  3. «Competição política, as lideranças locais, e a disputa eleitoral pelo excecutivo municipal de Marabá». Scribd/SILVA, Manoel; SANTOS, Lucedéia. Consultado em 30 de dezembro de 2012 
  4. Araujo, José de Sousa Azevedo Pizarro e (1820). Memorias históricas do Rio de Janeiro e das províncias annexas à jurisdicção do Vice-Rei do Estado do Brasil, dedicadas a El-Rei Nosso Senhor D. João VI. Rio de Janeiro: Impressão Regia. p. 225 
  5. RIBEIRO, Laércio. «Agora é Carajás». Foco Carajás (7). 60 páginas. Consultado em 18 de setembro de 2011. Arquivado do original em 12 de dezembro de 2013 
  6. a b c d NOVAES, Adauto. Prefeitos e Administradores. [S.l.]: Companhia das Letras. 186 páginas Texto
  7. Paulo Bosco Rodrigues Jadão (1984). Relação de Intendentes e Prefeitos de Marabá. [S.l.]: S/N. 104 páginas 
  8. a b «A fundação da cidade». Maragusa. Consultado em 30 de dezembro de 2012. Arquivado do original em 19 de agosto de 2010 
  9. «Prefeitos de Marabá». Portal Midiax 
  10. «Trabalhista». Jornal Pessoal 
  11. a b c d EMMI, Marília F.;MARIN, Rosa E.A. Crise e Rearticulação das Oligarquias no Pará. [S.l.]: Editora NAEA 
  12. «Hamilton Bezerra absolvido». Hiroshi Bogéa Online 
  13. a b c d DA SILVA, Manoel Alves. Competição Política, as lideranças locais e a disputa eleitoral pelo executivo municipal em Marabá. [S.l.]: Revista FIBRA & Ciência 
  14. «Justiça eleitoral cassa e afasta prefeito de Marabá». Jornal do Zedudu 
  15. Maurino Magalhães não cumpriu mandato. Era presidente da Câmara e apenas assumiu o mandato do titular, que foi cassado pouco depois de assumir, este sendo absolvido e retornou ao exercício do mandato logo depois.
  16. Portal do Eleitor «Prefeito cassado de Marabá já reassumiu o cargo». TSE. 6 Outubro de 2005. Consultado em 17 de setembro de 2010 
  17. «Marabá: Maurino Magalhães não comparece à audiência eleitoral e é temporariamente afastado do cargo.». Jornal do Zedudu. 28 de julho de 2010 
  18. «Marabá: Maurino Magalhães é afastado, de novo!». Jornal do Zedudu. 25 de janeiro de 2011 
  19. «Maurino retorna à prefeitura». HB Online. 1º de fevereiro de 2011 
  20. «Juíza decide pela volta do prefeito de Marabá, mas Câmara volta a afasta-lo». Folha do Bico. 7 de novembro de 2012 
  21. «Salame assume hoje em Marabá e quer fiscalizar presença de médicos em hospitais». Jornal do Zedudu 
  22. «Prefeito de Marabá reassume cargo após decisão do STF». Portal G1 PA. 6 de agosto de 2016 
  23. «Salame assume hoje em Marabá e quer fiscalizar presença de médicos em hospitais». Jornal do Zedudu 

Ver tambémEditar