Louco (Mauricio de Sousa)

Louco (Licurgo Orival Umbelino Cafiaspirino de Oliveira) é um personagem de histórias em quadrinhos da Turma da Mônica, criado em 1973 pelo roteirista Marcio Araújo, irmão de Mauricio de Sousa, a aparência do personagem é inspirada no desenhista Sidnei Salustre, um antigo funcionário da Maurício de Sousa Produções. O personagem estreou na primeira edição da revista Cebolinha publicada em 1973 pela Editora Abril, como um coadjuvante nas histórias do Cebolinha, a "loucura" do personagem é explorada por meio de metalinguagem. Louco não possuía uma revista em quadrinhos de histórias inéditas, mas já teve alguns títulos como edições da Coleção Um Tema Só da Editora Globo e um almanaque de republicações publicado desde 2011 pela Panini Comics, apareceu nos especiais MSP 50 (2009) e Ouro da Casa (2012) e em Turma da Mônica Jovem, onde é visto como um professor, aparentemente curado, em 2015, ganhou uma graphic novel da linha Graphic MSP, Louco – Fuga, escrita e desenhada por Rogério Coelho.[1][2]

Louco
Personagem ficcional de Turma da Mônica
Criado(a) por Márcio Araújo
Interpretado(a) por Rodrigo Santoro (Turma da Mônica: Laços)
Descrição ficcional
Nome original Licurgo Orival Umbelino Cafiaspirino de Oliveira[1]
Sexo Masculino
Nascimento 1973
Origem  Brasil
Espécie Humana
Cabelo Loiro
Olhos Pretos
Ocupação Professor (Turma da Mônica Jovem)
Aparições
Primeira aparição Cebolinha #1 (1973, Editora Abril

Existe uma teoria de que o personagem não é real, mas sim um ser imaginário. Maurício de Sousa deixou no ar essa questão em uma entrevista e até hoje muitos fãs se perguntam se Louco é real ou apenas um amigo imaginário de Cebolinha.

Referências

Ligações externasEditar