Louis Marie de Narbonne Lara

Louis Marie Jacques Almaric, conde de Narbonne-Lara (Colorno, 23 de agosto de 1755Torgau, 17 de novembro de 1813) foi um general e diplomata francês. Era supostamente filho ilegítimo do rei Luís XV de França.

Louis Marie de Narbonne Lara

BiografiaEditar

Ele nasceu em Colorno, Ducado de Parma e Placência. Era filho de Françoise de Chalus, amante do rei Luís XV de França e, dama de companhia da princesa Adelaide de França, e do nobre Jean-François Narbonne.

Vários historiadores consideram que Louis-Marie de Narbonne-Lara é um filho ilegítimo do rei Luís XV de França e de Françoise de Chalus[1][2], entretanto muitos outros acreditam que na verdade ele era fruto de uma relação incestuosa entre o rei e sua filha a princesa Adelaide.[3]

Ele foi criado em Versalhes com as Princesas da França. Sua educação era principesca, inclinada principalmente para os estudos clássicos e uma rígida formação militar; frequentou as principais cortes da Europa, onde pode se familiarizar com as línguas estrangeiras (alemão e inglês), o que também contribuiu para sua formação diplomática.

Ele foi feito Coronel do Exército com a idade de vinte e cinco anos.

Em 1782 casou-se com Adélaïde Marie de Montholon com quem teve duas filhas.

Seu nome de nomes inscritos no Arco do Triunfo. Há um total de 660 nomes, a maioria dos quais de generais que serviram o Primeiro Império Francês (1804–1814) e alguns outros a Revolução Francesa (1789–1799).

Ele faleceu em 17 de novembro de 1813 em Torgau, na Saxônia.

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Louis Marie de Narbonne Lara


Referências

  1. Henri Vrignault, filhos de Luís XV: filhos ilegítimos, Paris, Editora Perrin, 1950, página 133
  2. Joseph Valynseele & Christophe Brun, Bastardos de Luís XV e seus descendentes, Perrin, 1992
  3. Joan Haslip (1991). Marie Antonieta (em sueco). [S.l.: s.n.] p. 39