Luís da Silva de Meneses

Luís da Silva de Meneses
Capitão de Tânger
Período 09/1553 - 29/04/1554
Antecessor Fernando de Menezes
Sucessor Bernardim de Carvalho
Dados pessoais
Morte 29 de abril de 1554
Perto de Tânger

Luís da Silva de Meneses, capitão de Tânger.

Pouco depois de ocupar o governo da vila de Tânger, por mandato do rei, em sucessão de D. Fernando de Menezes, capitão de Tânger, D. Luís morreu num desastre.

Tinha determinado «penetrar com a maior parte de gente na Berbéria e chegando a Portalfieixe, quatro léguas distantes da cidade e menos de duas do Farrobo e outras aldeias, lhe trouxeram um mouro que apanharam, tendo fugido os outros. Declarou que os alcaides estavam no acampamento vizinho com grande poder, e era para eles que ia, assim como seu companheiro, levar viveres, dos que tomaram alguns. Pareceu ao General e a outros que era industria do mouro para evitar o dano que temia para os seus. (...) mandou ao Adail correr o campo em larga distancia, e ele ficou esperando com o resto da gente, com pouca precaução e cuidado.» Mas os alcaides, aprendendo por vigias e por o mouro que escapou, «o designio dos nossos (...) encontrando o general sem vigias e a gente descuidada, comendo com tanta tranquilidade como se não estivessem nas terras do inimigo, atacaram-no e venceram quasi sem resistência. Ficou morto o general no campo, com quase todos os que tinha consigo. Atacaram depois os mouros ao Adail, que pelejando com valor, salvou-se com alguns dos melhores cavaleiros. A maior parte dos outros morrerem ou foram presos[1]».

Segundo D. Fernando de Meneses, autor da Historia de Tanger, que comprehende as noticias desde a sua primeira conquista até á sua ultima ruina, Luís da Silva de Meneses sucedeu a D.Fernando de Menezes, capitão de Tânger que, eleito pelo povo, depois da morte do capitão Luís de Loureiro, governou seis meses. Mas diz que a morte de Luís de Loureiro ocorreu em 13 de Março de 1553, e a morte de D. Luís, em 29 de Abril desse mesmo ano... o que torna impossivel o governo de seis meses de D. fernando.

É provavel então que fosse lapso do copista, e que a data seja 29 de Abril de 1554. Por isso corrigimos.

D. Luís tinha casado com D. Maria Brandão, de quem têve D. Magdalena da Sylva, mãe do Cronista-mor D. Manuel de Meneses.

Notas

  1. História de Tânger durante la dominacion portuguesa, por D. Fernando de Menezes, conde de la Ericeira, etc. traduccion del R. P. Buanaventura Diaz, O.F.M., Misionero del Vicariato apostólico de Marruecos. Lisboa Occidental. Imprenta Ferreiriana. 1732. p. 65-86


Precedido por
Fernando de Menezes
Capitão de Tânger
15531554
Sucedido por
Bernardim de Carvalho