Luciana Liviero

jornalista brasileira
Luciana Liviero
Nome completo Luciana Liviero de Carvalho Moraes
Nascimento 24 de agosto de 1970 (49 anos)
Brasília, DF
Brasil
Nacionalidade Brasil brasileira
Ocupação Jornalista

Luciana Liviero de Carvalho Moraes (Brasília, 24 de agosto de 1970) é uma jornalista brasileira.[1]

BiografiaEditar

Em 1990 cursou Jornalismo na PUC de São Paulo, onde se formou em 1993. Ainda na faculdade, ingressou na profissão em 1991, começando na rádio Jovem Pan AM. Sua estréia na televisão foi em 1993, na TV Tribuna, afiliada da Rede Globo em Santos, onde permaneceu por um ano e meio.

Em 1995 foi contratada pela Rede Bandeirantes como repórter. No ano seguinte, passou a apresentar telejornais no então recém-criado e hoje extinto Canal 21. A experiência bem-sucedida fez com que ela comandasse os jornais de rede nacional da emissora: Dia Dia (como apresentadora e mediadora de debates), Jornal Bandeirantes e Jornal da Noite. Em 2002, no Melhor da Tarde, apresentado por Astrid Fontenelle, Leão Lobo e Aparecida Liberato, passou a cuidar de toda a parte de jornalismo, desde a apuração até a apresentação. Ainda no setor de entretenimento, substituiu Olga Bongiovanni no Dia Dia, quando esta teve de se afastar devido a problemas de saúde.

Em julho de 2004, trocou a Band pela Rede Record em busca de novas oportunidades e desafios. Foi repórter do Tudo a Ver em Brasília. Após um ano e meio em sua cidade natal, voltou a São Paulo para apresentar o Fala Brasil, ao lado de Marcos Hummel, onde permaneceu ate junho de 2009 e também no quadro "Últimas Notícias" no Hoje em Dia e no Balanço Geral. Além disso, Luciana apresentava na Record News um programa feminino próprio, o Mulheres em Foco.

A partir do dia 22 de junho de 2009, Luciana passou a apresentar o telejornal Record Notícias.

Em 4 de outubro de 2010, após rumores de sua ida para o SBT, a jornalista deixa os programas que apresentava em São Paulo para ser correspondente da Rede Record em Nova York,[2]sendo substituída por Adriana Reid.

Em 2013, após 9 anos de Record, ela deixou a emissora da Barra Funda.

Em outubro de 2014, Luciana foi convidada a trabalhar na cobertura das Eleições na RedeTV!. Depois do fim do pleito, foi informado que ela iria ser contratada em definitivo pela emissora de Osasco, o que acabou não ocorrendo.

Em 2017, lançou o canal Luciana Liviero no YouTube. Além de apresentar ao vivo resumos de notícias, Luciana entrevista personalidades no quadro Fundo do Baú, formato de sua autoria, e mostra suas descobertas pelo mundo em vlogs de viagem.

Referências

  1. Miguel Arcanjo Prado. «Luciana Liviero "tremia horrores" no 1º ao vivo». R7. Consultado em 5 de maio de 2012 
  2. «Jornalista Luciana Liviero exalta Nova York». Revista Caras (edição 948 - Ano 18). 5 de janeiro de 2012. Consultado em 5 de maio de 2012 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.