Abrir menu principal
Ludwig Leichhardt
Nascimento 23 de outubro de 1813
Tauche
Morte 1848 (35 anos)
Austrália
Cidadania Alemanha, Austrália
Ocupação explorador, zoólogo, botânico, geólogo
Prêmios Medalha de Patrono
Religião luteranismo

Friedrich Wilhelm Ludwig Leichhardt (Brandemburgo, 23 de outubro de 1813Austrália, 1848) foi um explorador e naturalista prussiano que fez três expedições na Austrália e desapareceu na última: o seu corpo nunca foi encontrado.

BiografiaEditar

Nasceu em Sabrodt, então Prússia (hoje Brandemburgo, Alemanha).

Entre 1831 e 1836 Leichhardt estudou filosofia, línguas e ciências naturais nas universidades de Berlim e de Göttingen mas não obteve nenhum diploma universitário. Em Inglaterra estudou no Museu Britânico em Londres e no Jardin des Plantes em Paris. Pesquisou em várias áreas e em muitos países diferentes, incluindo França, Itália e Suíça.

Em 1842, partiu para Sydney de onde organizou três expedições importantes:

A primeira partiu de 1 de Outubro de 1844 de Jimbour nos Darling Downs (sudeste da Austrália) e terminou após uma viagem terrestre de cerca de 4 800 km em Port Essington na costa norte, em 17 de Dezembro de 1845. O "Journal of an Overland Expedition in Australia, from Moreton Bay to Port Essington, a Distance of Upwards of 3000 Miles, During the Years 1844-1845" escrito por Leichhardt descreve esta expedição.

A segunda expedição começou em Dezembro de 1846, e era suposto percorrer os Darling Downs da costa ocidental e depois ir até ao rio Swan e Perth. Percorridos 800 km, a expedição foi obrigada e alterar caminho em Junho de 1847 por causa de fortes chuvas, da malária e falta de alimentação. Depois de ter recuperado, Leichhardt passa 6 semanas em 1847 à estudar o curso do rio Condamine e a região entre a rota seguida por uma outra expedição, a de Thomas Mitchell em 1846 e a rota da sua própria expedição.

Em Março de 1848, partiu do rio Condamine para o rio Swan. Foi visto pela última vez em 3 de Abril de 1848 em McPherson's Station, Coogoon nos Darling Downs. O seu desaparecimento no interior da Austrália continua a ser um mistério.

Ligações externasEditar