Luiz Vaz de Toledo Piza

militar brasileiro

Luís Vaz de Toledo Piza (Taubaté, 1739[1]Luanda, - ca. 1807[2]) foi um militar brasileiro que participou da Inconfidência Mineira.

Luís Vaz de Toledo Piza
Nascimento 1739
Taubaté
Morte ca. 1807 (68 anos)
Luanda
Nacionalidade  Brasileiro

Nascido na cidade de Taubaté, era filho de Timóteo Corrêa de Toledo e de Úrsula Isabel de Melo,[1] e irmão do também inconfidente padre Carlos Corrêa de Toledo e Mello. Residiu em Cotia onde em 1769 se casou com Gertrudes Maria de Camargo,[1] transferindo-se mais tarde para São João del-Rei.

Foi preso em 1788 e no processo condenado à morte, sendo a sentença posteriormente comutada para degredo.[3] Permaneceu em cárcere até 1792, quando foi degredado[4] para Angola, onde se estabeleceu em Luanda, onde fora nomeado escrivão da ouvidoria em 1797,[5] vindo a falecer no exílio aos 68 anos de idade.[2]

Referências

  1. a b c da Silva Leme, Luís Gonzaga (1904). Genealogia Paulistana (PDF). 5. São Paulo: Duprat & Comp. p. 547. Consultado em 9 de julho de 2012. Arquivado do original (PDF) em 5 de outubro de 2013 
  2. a b Luiz Cruz (13 de dezembro de 2011). «Padre Toledo, um líder inconfidente». Revista de História. Consultado em 9 de julho de 2012. Arquivado do original em 26 de maio de 2012 
  3. do Amaral, Tancredo (1895). A História de São Paulo ensinada pela biografia dos seus vultos mais notáveis. São Paulo: Alves & Cia. Editores. p. 182 
  4. Martinho de Mello e Castro, Conde de Rezende (29 de maio de 1792). «Correspondência do vice-reinado para a corte» (PDF). Arquivo Nacional. Consultado em 9 de julho de 2012 
  5. «Conjuração de Minas Gerais». História Colonial - Arquivo Nacional. Consultado em 9 de julho de 2012 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.