Abrir menu principal
Luís Vaz de Toledo Piza
Nascimento 1739
Taubaté
Morte ca. 1807 (68 anos)
Luanda
Nacionalidade  Brasileiro

Luís Vaz de Toledo Piza (Taubaté, 1739[1]Luanda, - ca. 1807[2]) foi um militar brasileiro que participou da Inconfidência Mineira.

Nascido na cidade de Taubaté, era filho de Timóteo Corrêa de Toledo e de Úrsula Isabel de Melo,[1] e irmão do também inconfidente padre Carlos Corrêa de Toledo e Mello. Residiu em Cotia onde em 1769 se casou com Gertrudes Maria de Camargo,[1] transferindo-se mais tarde para São João del-Rei.

Foi preso em 1788 e no processo condenado à morte, sendo a sentença posteriormente comutada para degredo.[3] Permaneceu em cárcere até 1792, quando foi degredado[4] para Angola, onde se estabeleceu em Luanda, onde fora nomeado escrivão da ouvidoria em 1797,[5] vindo a falecer no exílio aos 68 anos de idade.[2]

Referências

  1. a b c da Silva Leme, Luís Gonzaga (1904). Genealogia Paulistana (PDF). 5. São Paulo: Duprat & Comp. p. 547. Consultado em 9 de julho de 2012. Arquivado do original (PDF) em 5 de outubro de 2013 
  2. a b Luiz Cruz (13 de dezembro de 2011). «Padre Toledo, um líder inconfidente». Revista de História. Consultado em 9 de julho de 2012. Arquivado do original em 26 de maio de 2012 
  3. do Amaral, Tancredo (1895). A História de São Paulo ensinada pela biografia dos seus vultos mais notáveis. São Paulo: Alves & Cia. Editores. p. 182 
  4. Martinho de Mello e Castro, Conde de Rezende (29 de maio de 1792). «Correspondência do vice-reinado para a corte» (PDF). Arquivo Nacional. Consultado em 9 de julho de 2012 
  5. «Conjuração de Minas Gerais». História Colonial - Arquivo Nacional. Consultado em 9 de julho de 2012 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.