Lyubov Burda

Lyubov Burda
Любовь Бурда
Informações pessoais
Nome completo Lyubov Viktorovna Burda Andrianova
Modalidade ginástica artística feminina
Especialidade salto
Representante União Soviética
Nascimento 11 de abril de 1953 (67 anos)
Voronezh, Voronezh Oblast - RFS Rússia
Nacionalidade Rússia russa
Compleição Peso: 48 kg Altura: 1,62 m
Nível sênior
Clube Spartak Voronezh
Período em atividade 1967 - 1973

Lyubov Viktorovna Burda Andrianova ou Ljubov Burda, em russo: Любовь Викторовна Бурда (Voronezh, RFS Rússia, 11 de abril de 1953)[1] foi uma ginasta soviética que competiu em provas de ginástica artística.

Lyubov conquistou duas medalhas olímpicas de ouro na competição por equipes nas edições de 1968 e 1972. Apesar das conquistar mundiais e olímpicas, a ginasta nunca participou de uma edição europeia da modalidade.

Em 2001 foi incluída no International Gymnastics Hall of Fame.[2]

CarreiraEditar

Nascida na Rússia, Lyubov fez sua estreia em 1967, aos catorze anos, no URSS Spartakiade, do qual saiu com a medalha de bronze no individual geral, a frente das campeãs olímpicas Ludmilla Tourischeva e Polina Astakhova. No ano seguinte, apesar de terminar em quinto no concurso geral do Nacional Soviético, conquistou o outro nas barras assimétricas e na trave, e o bronze no salto e no solo. Ainda em 1968, participou de sua primeira edição olímpica - os Jogos da Cidade do México -, na qual contribuiu para a conquista da medalha de ouro por equipes. Na disputa geral individual, Burda não qualificou-se para a final (25º), devido à instabilidade emocional que passou pela falta de experiência em competições internacionais.[3][4]

Em 1969, venceu o concurso geral do Campeonato Nacional Soviético. Meses mais tarde, não compôs a equipe que disputou o Europeu de Landskrona, e, no Spartakiade - do qual saiu vitoriosa da disputa geral, conheceu Nikolai Andrianov. Em 1970, conquistou mais um título nacional, venceu a Copa Soviética e conquistou o ouro individual geral da Copa Chunichi. Ao fim, no Mundial de Ljbljuana, sua estreia em mundiais, conquistou o ouro por equipes e o bronze no salto sobre a mesa.[3][4]

No ano seguinte, a ginasta participou de outra edição do Spartakiade e da Copa Soviética, nas quais conquistou o ouro e a prata, respectivamente, nas provas do geral individual. Em 1972, participou de três finais, em sua segunda edição olímpica. Nos Jogos de Munique, Burda foi medalhista de ouro por equipes, quarta colocada no salto e quinta no solo. Em 1973, nos Jogos Universitários, a atleta conquistou a prata no concurso geral, superada pela companheira de equipe, Olga Korbut. Após, encerrou a carreira de ginasta.[3][4]

Em 1975, Lyubov casou-se com Andrianov e teve, no mesmo ano, o primeiro filho, Seyozha (Sergei). Dois anos mais tarde, nasceu Dimitri. Eventualmente, Nikolai começou a treinar o primogênito, que optou por não seguir a carreira dos pais. Burda, tornou-se treinadora. Após a ruptura da União Soviética, a família mudou-se para o Japão. Anos mais tarde, ao separar-se do ex-ginasta, retornou à Rússia, onde começou a julgar as competições femininas. Em 2001, fora convidada à cidade de Oklahoma, nos Estados Unidos, para participar da cerimônia que a nomearia homenageada do International Gymnastics Hall of Fame.[3]

Principais resultadosEditar

Ano Evento AA Equipe        
1968 Jogos Olímpicos 25º   16º
Campeonato Nacional Soviético        
1969 Campeonato Nacional Soviético      
1970 Campeonato Mundial de Ginástica Artística    
Campeonato Nacional Soviético    
1972 Jogos Olímpicos  
1973 Jogos Universitários          

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Lyubov Burda» (em inglês). Sports-reference.com. Consultado em 17 de junho de 2009 
  2. «LJUBOV BURDA - SOVIET UNION». International Gymnastics Hall of Fame (em inglês). Ighof.com. Consultado em 16 de junho de 2009 
  3. a b c d «Whatever happened to Lyubov Burda?» (em inglês). GymPics. Consultado em 21 de julho de 2009 
  4. a b c «Lyubov Burda» (em inglês). Gynm-Forum. Consultado em 21 de julho de 2009 

Ligações externasEditar