Abrir menu principal
Márcia
Nascimento 33
Roma
Morte 100 (67 anos)
Cidadania Roma Antiga
Progenitores Pai:Quinto Márcio Bareia Sura
Cônjuge Marco Úlpio Trajano (senador)
Filho(s) Trajano, Ulpia Marciana
Irmão(s) Márcia Furnila

Márcia (c. 33 - 100) foi uma nobre romana e mãe do imperador Trajano.

Índice

FamíliaEditar

Márcia veio de uma família nobre e politicamente influente, a gens Márcia,[1] que alegava ser descendente do rei romano Anco Márcio. Ela era filha do senador Quinto Márcio Bareia Sura e de Antônia Furnila.[2] Quinto era amigo do futuro imperador Vespasiano e a irmã de Márcia, Márcia Furnila, foi a segunda esposa do futuro imperador Tito, filho dele.

O tio paterno de Márcia era o senador Quinto Márcio Bareia Sorano e sua prima paterna era a nobre Márcia Servília Sorana. O avô paterno de Márcia era Quinto Márcio Bareia Sorano, que foi cônsul sufecto em 34 e procônsul da África entre 41 e 43. Já o materno pode ter sido Aulo Antônio Rufo, um cônsul sufecto em 45.[3] A família de Márcia estava ligada aos opositores do imperador Nero e, em 65, depois da fracassada conspiração pisoniana, caiu em desgraça.

VidaEditar

Márcia nasceu e foi criada em Roma. Durante o reinado do imperador Cláudio (41-54), Márcia se casou com o general e senador Marco Úlpio Trajano, que nasceu em Itálica (próxima da moderna Sevilha, na Espanha), na província de Hispânia Bética.

O casal teve dois filhos:

Não se sabe se Márcia ainda estava viva quando Trajano se tornou imperador.

LegadoEditar

Por volta de 100, seu filho, Trajano, fundou uma cidade no norte da África chamada Colônia Marciana Úlpia Trajana Tamugadi (atual Timgad, na Argélia). Trajano, o filho, batizou a cidade em homenagem ao pai, à mãe e à irmã. Em 113, Trajano, o pai, foi deificado pelo filho e título oficial era divus Traianus pater.

Árvore genealógicaEditar

Referências

  1. Pauly-Wissowa, RE 14.2, 1535-1600.
  2. J. K. Evans (1979)). «The Trial of P. Egnatius Celer». Cambridge University Press. The Classical Quarterly, New Series (em inglês). 29 (1): 198-202. Consultado em 10 de agosto de 2013  Verifique data em: |ano= (ajuda)
  3. Brian W. Jones. The Emperor Domitian (em inglês). [S.l.: s.n.] Consultado em 10 de agosto de 2013 

BibliografiaEditar