Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde março de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Münchener Freiheit
Münchener-Freiheit-Alte-Oper-Erfurt.jpg
Münchener Freiheit em concerto em Alte Oper Erfurt em março de 2006.
Informação geral
Origem Munique
País  Alemanha
Gênero(s) Pop, Rock, Pop rock, Schlager, Neue Deutsche Welle, Synthpop
Período em atividade 1980 - presente
Gravadora(s) CBS Schallplatten
Crocodile Music
Integrantes Tim Wilhelm
Aron Strobel
Michael Kunzi
Alex Grünwald
Rennie Hatzke
Ex-integrantes Stefan Zauner
Freddie Erdmann
Günter Stolz
Página oficial [1]

Münchener Freiheit (também conhecidos apenas por Freiheit) é um grupo alemão do gênero pop e rock que já lançaram 17 álbuns,dos quais 6 foram ouro e já venderam cerca de 5 milhões de cópias na Europa. Originários de Munique, na Alemanha, o seu nome traduz-se como "Libertad de Múnich". São considerados parte do movimento musical Neue Deutsche Welle.

São conhecidos no mundo da língua inglesa pela canção "Keeping The Dream Alive", que alcançou o Top 15 no Reino Unido quando lançada, fazendo dos Münchener Freiheit uma banda One-hit wonder.[1] Devido ao seu lançamento em dezembro e som rico orquestral, "Keeping the Dream Alive" ainda recebe vários airplay na época do Natal e pode ser encontrado incluído em muitos álbuns de compilação de Natal. Nos Estados Unidos da América, a canção não conseguiu alcançar êxito quando ele foi originalmente lançada, ganhando o favor do público americano somente depois de aparecer na trilha sonora do filme Say Anything.... O single tem recebido exposição adicional nos Estados Unidos graças ao concurso de talentos American Idol na rede de televisão Fox. A canção tem sido usada nas últimas temporadas como pano de fundo para montagens de vídeo com concorrentes no programa.

Índice

Carreira musicalEditar

Primeiros anosEditar

A banda, composta por Stefan Zauner (vocais, teclados), Aron Strobel (guitarra e vocais), Rennie Hatzke (bateria), Michael Kunzi (baixo e vocal) e Alex Grünwald (teclado), foi formada no início da década de 1980. Seu primeiro álbum, Umsteiger, lançado em 1982, era uma forma "áspera-em torno dos bordos" de New Wave que mostra o lado agresivo de Zauner, contrastando com a suas típicas composições. Isso foi seguido um ano mais tarde por Licht, que os levou numa direção mais "synthpop". O álbum seguinte da banda, Herzschlag einer Stadt, em 1984, foi um recorde mais comercial de New Wave que gerou um hit Top 30 na Alemanha, Oh Baby.

ÊxitoEditar

O primeiro álbum de grande sucesso da banda veio em 1986 com Von Anfang (Do inicio). Com o título, o álbum continha uma seleção de novos singles, uma versão ao vivo inédita de "Zeig mir die Nacht" (de Umsteiger), dois remixes e uma faixa ocasional dos seus dois álbuns anteriores. Seu sucesso foi devido em grande parte aos seus singles de sucesso original, Ohne Dich (Schlaf 'ich heut' nacht nicht ein) e Tausendmal Du.

Carreira internacionalEditar

Após o sucesso de Von Anfang an e de Traumziel, a banda prosseguiu sucesso internacional e começou a gravar músicas de seus álbuns em inglês. O resultado foi Romancing in the Dark, contendo versões em inglês de seis canções de Traumziel mais três maiores sucessos em alemão. A maioria das letras em inglês foram escritas pela banda com a ajuda de alguns autores, banda confiava depois as letras em inglês a Tim Touchton e Curtis Briggs. O álbum foi lançado em toda a Europa, a obtenção de sucesso na Suécia, Noruega e Holanda. Em 1987 ganharam o prémio Berolina.

Em 1988, Münchener Freiheit lançaram Fantansie na Alemanha e a sua versão em inglês, Fantasy (álbum de Münchener Freiheit)|Fantasy]]. Ao contrário de Romancing in the Dark, Fantasy continha todas as músicas da sua versão alemã. O álbum foi ignorado nos Estados Unidos, mas teve um sucesso moderado na Europa. Freiheit não voltou a lançar álbuns em inglês nos Estados Unidos. No entanto, na sua terra natal, Fantasie foi um sucesso, passar 8 semanas no Top 10 e colocando dois singles no Top 15: "So lang' man Träume noch leben kann" e "Bis wir uns wiederseh'n".

O álbum seguinte, Purpurmond, foi o último álbum a ser regravada em inglês sob o título Love is No Science. Nove das onze canções foram regravadas em inglês, juntamente com uma segunda re-gravação de "Tausendmal Du", desta vez intitulado "All I Can Do".

De 1991 à atualidadeEditar

Apesar de 1991 ter sido um ano calmo para a banda, Zauner e Strobel ainda estiveram ativos, lançando o álbum Living in the Sun sob o nome de Deuces Wild. O álbum foi gravado em inglês com a maioria das letras escritas por Tim Touchton, que haviam trabalhado com a banda desde Fantasy.

Apesar da recepção moderada de Purpurmond, a banda retornou ao Top 10 em 1992, com Liebe auf den ersten Blick, alcançando um Top 15 com a faixa-título. A banda também representou o seu país no Festival Eurovisão da Canção 1993, terminando em 18º lugar com sua canção "Viel zu weit". Lançaram um single com a música interpretada em quatro línguas, mas só teve uma receção moderado nas paradas musicais alemãs. A banda voltou um ano depois com o álbum Energie (1994), que os levou de volta para o Top 30, apesar de seus dois próximos álbuns, Entführ' mich (1996) e Schatten (1998, com capa desenhado por Klaus Voorman), não conseguirem chegar.

Trocando a Sony Music por EastWest, a banda mudou-se para o pop convencional no álbum seguinte, Freiheit die ich meine (2000). O álbum entrou no Top 50 alemão. A banda mudou gravadora de novo para a Koch International, lançando dois álbuns Wachgeküsst (2002) e Geile Zeit (2004). Embora esses álbuns tenham usado uma fórmula comercial semelhante a Freiheit die ich meine, ambos os álbuns permaneceram nas últimas posições do Top 100 alemão.

Münchener Freiheit continuaram a gravar e a fazer turnês, celebrando seu 25º aniversário com a duplo retrospectiva Alle Jahre, Alle Hits (2005) e um novo single "Du bist das Leben".

DiscografiaEditar

Álbuns de estúdio em alemãoEditar

Álbuns ao vivo em alemãoEditar

Compilações em alemãoEditar

Álbuns de estúdio em inglêsEditar

Singles em inglêsEditar

  • "Every Time"
  • "Play It Cool"
  • "Baby It's You"
  • "Back To The Sunshine"
  • "Keeping the Dream Alive"
  • "Kissed You in the Rain"
  • "Diana"
  • "All I Can Do"

Referências

  1. Roberts, David (2006). British Hit Singles & Albums 19th ed. London: Guinness World Records Limited. p. 214. ISBN 1-904994-10-5 
Precedido por
Wind
com Träume sind für alle da
Alemanha no Festival Eurovisão da Canção
1993
Sucedido por
Mekado
com Wir geben 'ne Party