Abrir menu principal
Sede da Mail.ru em Moscow, capital da Rússia

Mail.Ru Group, ООО (comumente referido como Mail.Ru) (está listada na Bolsa de Valores de Londres desde 5 de novembro de 2010) é uma empresa ponto com, criada na Rússia. A operação foi iniciada em 1998 como serviço de email e passou a se tornar grande valor corporativo no segmento de língua russa da internet.

Uso da Mail.ru no mundo.

Em dezembro de 2013, foi o quarto site mais visitado da Rússia e o 31.º do mundo, segundo Alexa.com.[1]

Índice

HistóriaEditar

 
Esta seção está a ser traduzida de «Mail.Ru#History» na Wikipédia em inglês. Ajude e colabore com a tradução.

O negócio pertencia originalmente à empresa Port.ru, fundada em 1998 por Eugene Goland, Michael Zaitsev e Alexey Krivenkov como spin-off da DataArt. Recebeu um investimento inicial de um milhão de dólares norte-americanos (USD) do investidor renomado (e campeão de esgrima[2]) James Melcher.

A atividade do Mail.ru se expandiu rapidamente para alcançar a posição de mercado Nº1 na Rússia em 2000. As tentativas de financiar a expansão da empresa em 2000 e 2001 foram frustadas pelo colapso da bolha tecnológica e Mail.ru foi forçada a buscar junção de parceiros.

Em 2001, Yuri Milner, que administrava NetBridge (o dono de marcas menos populares da internet) convenceu o conhecido empresário Igor Linshits para fazer a fusão da empresa Mail.ru com a NetBridge. Posteriormente, Igor Linshits participou ativamente no desenvolvimento da empresa Mail.ru. Em conexão com a fusão, Milner tornou-se diretor executivo da Mail.ru.

A empresa começou a funcionar sob seu nome atual no dia 16 de outubro de 2001. É dirigida por Dmitry Grishin. Desde 2009, sua classificação geral é 29, segundo Alexa.com.[3]

Em 2003, Milner se demitiu da Mail.ru e depois criou uma outra empresa de tecnologia, a Digital Sky Technologies (DST).[4] Em 2006, Igor Linshits vende sua participação na Mail.ru ao Tiger Fund e ao DST, de Milner, por mais de cem milhões de dólares. Em setembro de 2010, a DST mudou seu nome para Mail.ru Group.[5] Dmitry Grishin foi um dos cofundadores da Mail.ru Group.[6]

Em outubro de 2010, a Mail.ru anuncia planos de uma abertura do capital por meio da Bolsa de Londres, com valor superior a cinco bilhões de dólares,[7] oferecendo uma participação de cerca de dezessete por cento da filial. A filial incluirá aproximadamente um quarto das ações detidas do grupo no Facebook. Mail.ru detém o controle acionário do VKontakte (51,99%) e de Odnoklassniki (58%). A empresa contratou Goldman Sachs, JP Morgan, Morgan Stanley e VTB Capital para dirigir o anúncio.

Em Março de 2012, Yuri Milner deixou o cargo de presidente da Mail.ru e do Conselho de Administração.[8] Dmitry Grishin foi eleito para o Conselho de Administração e nomeado como presidente do conselho, mantendo sua posição de CEO. Não houve outras mudanças na administração ou no Conselho.[9]

Em novembro de 2012, foi relatado que o Mail.Ru deixaria de usar os serviços de pesquisa do Google.[10] Migração completa para o uso do seu próprio motor Mail.Ru ocorrendo no verão de 2013.[11]

ControvérsiasEditar

 
Esta seção está a ser traduzida de «Mail.Ru#Controversies» na Wikipédia em inglês. Ajude e colabore com a tradução.

Em 15 de Maio de 2017, Presidente da Ucrânia Petro Poroshenko assinou um decreto para impor uma proibição sobre o Mail.ru e suas redes sociais amplamente utilizadas, incluindo VKontakte e Odnoklassniki como parte de suas sanções contínuas sobre a Rússia pela sua anexação da Crimeia e envolvimento na Guerra em Donbass.[12][13]

Referências

  1. http://www.alexa.com/topsites/countries
  2. «James Melcher». Sports Reference. Consultado em 1 de outubro de 2016. Foi campeão norte-americano na espada em 1971 e 1972. 
  3. «www.alexa.com». www.alexa.com. 30 de junho de 2009. Consultado em 21 de dezembro de 2011 
  4. Digital Sky Technologies ("DST") Changes Name to Mail.ru Group Arquivado em 20 de outubro de 2010, no Wayback Machine.
  5. Weaver, Courtney (26 de outubro de 2010). «Testing Russian charm in the City». Ft.com. Consultado em 21 de dezembro de 2011 
  6. «Mail.ru group corporate governance». mail.ru group. 18 de março de 2012. Consultado em 18 de março de 2012. Arquivado do original em 28 de março de 2012 
  7. Weaver, Courtney (8 de outubro de 2010). «Investors offered a slice of Facebook». Ft.com. Consultado em 21 de dezembro de 2011 
  8. «Yuri Milner Is Freed From Mail.ru Board To Take Care Of Business». TechCrunch. 14 de março de 2012. Consultado em 18 de março de 2012 
  9. «Mail.ru group limited: Appointment of new Chairman». mail.ru group. 14 -03-2012. Consultado em 18 de março de 2012. Arquivado do original em 16 de março de 2012  Verifique data em: |data= (ajuda)
  10. Mail.Ru откажется от поисковых услуг Google // Vesti.ru (em russo)
  11. Jennifer Slegg: Russia's Mail.Ru Drops Google Search, Launches Own Search Engine // searchenginewatch.com, 3 de julho de 2013
  12. Poroshenko, Petro (15 de maio de 2017). «УКАЗ ПРЕЗИДЕНТА УКРАЇНИ №133/2017: Про рішення Ради національної безпеки і оборони України від 28 квітня 2017 року "Про застосування персональних спеціальних економічних та інших обмежувальних заходів (санкцій)"» [DECREE OF THE PRESIDENT OF UKRAINE №133 / 2017: On the decision of the National Security and Defense Council of Ukraine dated 28 de abril de 2017 "On the application of personal special economic and other restrictive measures (sanctions)"] (em Ukrainian). President of Ukraine. Consultado em 13 de março de 2018 
  13. «Додаток 2 до рішення Ради національної безпеки і оборони України від «28» квітня 2017 року «Про застосування персональних спеціальних економічних та інших обмежувальних заходів (санкцій)» ЮРИДИЧНІ ОСОБИ, до яких застосовуються обмежувальні заходи (санкції)» [Annex 2 to the Decision of the National Security and Defense Council of Ukraine dated 28 de abril de 2017 "On the Application of Personal special economic and other restrictive measures (sanctions) "Legal Entities under Restrictive Measures (Sanctions)"] (PDF) (em Ukrainian). President of Ukraine. 28 de abril de 2017. p. 185-6 (#422 mail.ru Group), 186-7 (#423 ТОВ «Вконтакте» (VKontakte)), 187-8 (#424 ТОВ «В Контакті» (In Kontakte)) & 189 (#425 mail.ru Ukraine). This is a prohibition of Internet Service Providers (ISP) to provide access to the internet service «Mail.ru» (www.mail.ru) and social-oriented resources «Vkontakte» (www.vk.com) and «Odnoklassniki» (www. ok). Consultado em 13 de março de 2018 

Ligações externasEditar