Abrir menu principal

Manuel Ferreira da Câmara Bittencourt Aguiar e Sá

político brasileiro
(Redirecionado de Manuel Ferreira da Câmara)
Manuel Ferreira da Câmara Bittencourt Aguiar e Sá
Nascimento 1762
Minas Gerais
Morte 13 de dezembro de 1835 (73 anos)
Bahia
Ocupação Engenheiro

Manuel Ferreira da Câmara Bittencourt Aguiar e Sá (Minas Gerais, 1762Bahia, 13 de dezembro de 1835) foi um engenheiro e político brasileiro.[1]

Nascido em Minas Gerais, é colega de José Bonifácio na Universidade de Coimbra e lidera o grupo que ganha a bolsa de estudos do governo português para a viagem científica pela Europa da qual participa o futuro patriarca da Independência. Em 1808, Câmara volta ao Brasil para administrar a Real Extração de Diamantes. É autorizado a fundar, com parte dos lucros dessa atividade, uma usina de ferro no Serro Frio, onde começa trabalhos de fundição em 1812, no arraial de Morro do Pilar. Desse período data o apelido pelo qual ficou mais conhecido no Brasil, “intendente Câmara”. Em 1821, se elegeu deputado às Cortes de Lisboa. Foi presidente da primeira Assembleia Constituinte do Brasil e, como deputado constituinte, propôs, em 1823, a criação de uma universidade no Rio de Janeiro, denominada Instituto Brasílico. Falece no dia 13 de dezembro de 1835, na Bahia.

Foi também senador do Império do Brasil de 1827 a 1835.

Referências

  1. [bd.camara.gov.br/bd/bitstream/handle/.../presidentes_camara_bittencourt.pdf?...4 Manuel Ferreira da Câmara Bittencourt e Sá, 3.º Presidente da Câmara dos Deputados (Fase Imperial).] Boletim da Biblioteca da Câmara dos Deputados, V. 18, n.º 2, p. 255-274, maio/agosto de 1969.

Ver tambémEditar