Manuel Pinto Osório

engenheiro, militar e político português (1870-1963)

Manuel José Pinto Osório ComCGOAMOCE (1870Porto, 18 de Maio de 1963)[1], foi um engenheiro, militar e político português.

Manuel José Pinto Osório
Nascimento 1870
Morte 18 de maio de 1963 (93 anos)
Porto
Nacionalidade Portugal Portugal
Ocupação Militar, político e engenheiro
Prémios Medalha de Prata da Cruz Vermelha Espanhola
Medalha de Ouro de Comportamento Exemplar
Grau de Grande-Oficial da Ordem Militar de Avis
Grau de Comendador da Ordem Militar de Cristo
Medalha Comemorativa das Campanhas
Medalha da Vitória (Primeira Guerra Mundial)
Serviço militar
Patente Coronel de Engenharia

BiografiaEditar

Carreira profissional e militarEditar

Alistou-se, apenas com 17 anos, como voluntário no Regimento de Caçadores n.º 9; devido às suas elevadas prestações na Escola Preparatória, ingressou na Escola do Exército, onde concluiu o curso de Engenharia, em 22 de Outubro de 1894.[1] Foi integrado no Corpo Expedicionário Português, durante a Primeira Guerra Mundial.[1] Atingiu o posto de Coronel.[1]

Assumiu os cargos de Governador Civil no Distrito do Porto em 1915, Deputado da Nação em 1918, e Ministro do Comércio entre 1918 e 1919; exerceu, igualmente, como vice-presidente no Conselho de Administração da Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses, e presidente do Conselho Directivo da Gazeta dos Caminhos de Ferro, onde também foi colaborador.[1] Participou na viagem inaugural da electrificação do troço entre as Estações de Lisboa-Santa Apolónia e Santarém, na Linha do Norte, em 24 de Janeiro de 1958.[2]

FalecimentoEditar

Manuel José Pinto Osório morreu em 18 de Maio de 1963, no Porto, com 93 anos de idade.[1]

Prémios e homenagensEditar

Manuel Pinto Osório foi condecorado com a Medalha de Prata da Cruz Vermelha Espanhola, a Medalha de Ouro de Comportamento Exemplar, a Medalha Comemorativa das Campanhas e a Medalha da Vitória (Primeira Guerra Mundial).[1]

Foi feito Comendador da Ordem Militar de Cristo a 28 de Fevereiro de 1919 e Grande-Oficial da Ordem Militar de Avis a 5 de Outubro de 1923.[1][3]

Referências

  1. a b c d e f g h «Engenheiro Manuel José Pinto Osório». Hemeroteca Municipal de Lisboa. Gazeta dos Caminhos de Ferro. 76 (1811): 103. 1 de Junho de 1963. Consultado em 19 de março de 2017 
  2. «Electrificação das nossas linhas» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 70 (1684). 16 de Fevereiro de 1958. p. 104. Consultado em 19 de Março de 2017 
  3. «Cidadãos Portugueses Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Manuel José Pinto Osório". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 19 de março de 2017 
  Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.