Abrir menu principal
Manuel Sarmanho Vargas
Nascimento 17 de fevereiro de 1916
São Borja
Morte 15 de janeiro de 1997 (79 anos)
Itaqui
Nacionalidade brasileiro(a)
Progenitores Mãe: Darcy Sarmanho Vargas
Pai: Getúlio Dornelles Vargas
Ocupação Político

Manuel Antônio Sarmanho Vargas (São Borja, 17 de fevereiro de 1917 — Itaqui, 15 de janeiro de 1997), mais conhecido como Maneco Vargas, foi um político brasileiro.

Filho de Getúlio Vargas, ex-presidente do Brasil, e de sua esposa, Darcy Vargas, Manuel Vargas formou-se engenheiro agrônomo pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, em Piracicaba, no estado de São Paulo. No ano de 1954, casou-se com Vera Maria Silva Tavares, com quem teve quatro filhos: Yara Maria, Getúlio, Manoel Antonio e Bettina.

Em 1954, Maneco estava com problemas financeiros pois contraíra uma série de dívidas desde que entrara na política. Para honrar seus compromissos vendeu a Gregório Fortunato duas propriedades, a partir do empréstimo bancário do ministro do trabalho, João Goulart. A revelação de que um ministro avalizara um empréstimo numa instituição financeira, em nome do guarda-costas do palácio, para ajudar a cobrir uma dívida pessoal do filho do presidente deixou Getúlio Vargas profundamente abalado na semana de seu suicídio. [1]

Tornou-se secretário de Agricultura do Rio Grande do Sul e prefeito de Porto Alegre (1955).

Deixou a vida política para dedicar-se à estância da família, em Itaqui, onde foi encontrado morto, com um tiro de revólver calibre 38 no coração.[2] Acredita-se que tenha cometido suicídio.[3] Seu filho, Getúlio Dorneles Vargas Neto, também se matou com um tiro em 2017.[4]

Referências

  1. José Augusto Ribeiro, A Era Vargas, vol. 2, p. 115-120
  2. «Cópia arquivada». Consultado em 2 de julho de 2008. Arquivado do original em 5 de abril de 2008 
  3. «Cópia arquivada». Consultado em 2 de julho de 2008. Arquivado do original em 2 de dezembro de 2008 
  4. «Neto de Getúlio Vargas se suicida». O Dia. 17 de julho de 2017. Consultado em 15 de agosto de 2017 

BibliografiaEditar

  • COUTINHO, A. Brasil e brasileiros de hoje. volume II. Rio de Janeiro: Editorial Sul Americana, S.A., 1991