Abrir menu principal

Marattia

género de plantas

DescriçãoEditar

As espécies pertencentes ao género Marattia são plantas de hábitos terrestres, com rizoma robusto e carnudo, rastejante a erecto, com escamas e estípulas de grandes dimensões. As raízes são também carnudas. As folhas são monomorfas, geralmente grandes, com pecíolo engrossado, carnoso, articulado na base e escamoso. A lâmina das folhas é 2- ou 3 (4)-pinada, glabra. com as pinas com a base algo escura e inchada, costas aladas, a asa descontínua e larga. As folhas apresentam idioblastos. Os esporângios estão dispostos em duas fileiras dentro de estruturas compostas (sinângios) localizadas nas proximidades do extremo das nervuras. Cada esporângio abre por uma incisão bi-valvada em forma de ameijoa com abertura longitudinal, indúsio ausente e esporos monoletos.[2]

TaxonomiaEditar

O género foi descrito por Peter Olof Swartz e publicado em Nova Genera et Species Plantarum seu Prodromus 128. 1788,[2] tendo como espécie tipo Marattia alata Sw..

O género Marattia agrega as seguintes espécies:

Sinonímia:

Referências

  1. «Marattia». The Plant List. Consultado em 1 de agosto de 2015 
  2. a b «Marattia». Tropicos.org. Missouri Botanical Garden. Consultado em 1 de agosto de 2015 
  3. a b c d e f g [1] Catalogue of Life: 30th April 2017

BibliografiaEditar

  • Crabbe, J. A., A. C. Jermy & J. T. Mickel. 1975. A new generic sequence for the pteridophyte herbarium. Fern Gaz. 11(2–3): 141–162.
  • Davidse, G., M. Sousa Sánchez & S. Knapp. 1995. Psilotaceae a Salviniaceae. 1: i–xxi, 1–470. In G. Davidse, M. Sousa Sánchez & A.O. Chater (eds.) Fl. Mesoamer.. Universidad Nacional Autónoma de México, México, D. F.
  • Forzza, R. C. 2010. Lista de espécies Flora do Brasil http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2010. Jardim Botânico do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.
  • Gómez Pignataro, L. D. & A.L. Arbeláez Álvarez. 2009. Flora de Nicaragua. Tomo IV. Helechos. Monogr. Syst. Bot. Missouri Bot. Gard. 116: i–xvii, 1–348, f. 1–151.
  • Idárraga-Piedrahita, A., R. D. C. Ortiz, R. Callejas Posada & M. Merello. (eds.) 2011. Fl. Antioquia: Cat. 2: 9–939. Universidad de Antioquia, Medellín.
  • Mickel, J. T. & A. R. Smith. 2004. The Pteridophytes of Mexico. Mem. New York Bot. Gard. 88: 1–1054.
  • Molina Rosito, A. 1975. Enumeración de las plantas de Honduras. Ceiba 19(1): 1–118.

Ligações externasEditar

O Wikispecies tem informações sobre: Marattia
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Marattia