Abrir menu principal

Maria da Bulgária (imperatriz latina)

FamíliaEditar

Ela era filha de Joanitzes da Bulgária e é possível que sua mãe tenha sido sua esposa, Ana da Cumânia, que depois se casaria com Boril, sobrinho dele. Os tios paternos de Maria eram Pedro IV e João Asen I.

Imperatriz-consorteEditar

Em 1213, Maria se casou com Henrique de Flandres do Império Latino. Segundo Fine[1], o casamento era parte de uma aliança entre o padrasto dela, Boril, e Henrique. Ela beneficiava os latinos ao assegurar a Trácia e o Reino de Tessalônica contra a ameaça de invasão pelo Império Búlgaro, o que permitiria a Henrique dar atenção ao Império de Niceia. Boril, que havia perdido homens e territórios durante a guerra, via a aliança como uma forma de impedir novas invasões latinas. Seja qual for o motivo, o casamento marcou o fim da primeira fase das guerras búlgaro-latinas[1].

Em 11 de junho, Henrique morreu em Tessalônica e os relatos indicam que Maria era suspeita de tê-lo envenenado. Seu destino é desconhecido.

FamíliaEditar

Maria e Henrique não tiveram filhos e ele foi sucedido pelo seu cunhado, Pedro II de Courtenay.

Ver tambémEditar

Maria da Bulgária (imperatriz latina)
Nascimento: ? Morte: ?
Títulos reais
Precedido por:
Inês de Monferrato
Imperatriz-consorte do Império Latino
c. 1213–1216
Sucedido por:
Iolanda de Flandres

Referências

  1. a b John V.A. Fine, Jr., The Late Medieval Balkans (1987), pages 100–101

Ligações externasEditar