Marie Charlotte de la Trémoille

aristocrata francesa

Marie Charlotte de la Trémoille (Thouars, 26 de janeiro de 1632 - Jena, 24 de agosto de 1682) foi uma nobre francesa, membro da Casa de La Trémoille e duquesa de Saxe-Jena por casamento.

Marie Charlotte de la Trémoille
Duquesa de Saxe-Jena
Reinado 16723 de maio de 1678
Antecessor(a) Leonor Doroteia de Anhalt-Dessau
Sucessor(a) Título extinto
 
Nascimento 26 de janeiro de 1632
  Thouars, Deux-Sèvres, França
Morte 24 de agosto de 1682 (50 anos)
  Jena, Ducado de Saxe-Weimar, Sacro Império Romano-Germânico
Marido Bernardo II, Duque de Saxe-Jena
Descendência Guilherme de Saxe-Jena
Bernardo de Saxe-Jena
Carlota Maria de Saxe-Jena
João Guilherme, Duque de Saxe-Jena
Casa Wettin
Pai Henrique III de La Trémoille
Mãe Marie de La Tour de Auvérnia

Nascida em Thouars, era a quinta dos cinco filhos nascidos do casamento de Henrique III de La Trémoille, 3º duque de Thouars, 2º duque de La Tremoille, príncipe de Talmond e Taranto, e de Maria de La Tour de Auvérnia.

VidaEditar

Em Paris, a 10 de Junho de 1662, Marie Charlotte (na altura com trinta anos de idade) casou-se com o príncipe Bernardo (de vinte-e-três), quarto filho de Guilherme, Duque de Saxe-Weimar. O casamento foi arranjado pelo duque Guilherme para fortalecer as relações do ramo Ernestino da Casa de Wettin com o rei Luís XIV. No entanto, as negociações arrastaram-se durante quase oito meses, até ser escolhida uma noiva. A família de Marie Charlotte era uma das mais respeitadas em França, país no qual tinham o  título de princes étrangers.[1]

Marie Charlotte mudou-se com o marido para Jena, a capital do ducado que foi destinado a Bernardo na herança deixada pelo seu falecido pai (embora ele só viesse a assumir oficialmente o governo das suas terras em 1672). Tiveram cinco filhos, mas só uma chegou à idade adulta:

  1. Guilherme de Saxe-Jena (24 de Julho de 1664 -  21 de Junho de 1666), morreu aos dois anos de idade.
  2. Filha nadomorta (7 de Abril de 1666).
  3. Bernardo de Saxe-Jena (9 de Novembro de 1667 - 26 de Abril de 1668), morreu aos cinco meses de idade.
  4. Carlota Maria de Saxe-Jena (20 de Dezembro de 1669 - 6 de Janeiro de 1703), casada com Guilherme Ernesto, Duque de Saxe-Weimar; divorciaram-se em 1690 sem descendência.
  5. João Guilherme, Duque de Saxe-Jena (28 de Março de 1675 - 4 de Novembro de 1690), morreu aos quinze anos de idade; sem descendência.

A união foi completamente infeliz e, pouco depois de assumir o governo de Saxe-Jena, Bernardo mostrou vontade em divorciar-se de Marie Charlotte para se poder casar com a sua amante, Maria Isabel de Kospoth, uma das damas-da-corte, que, a 20 de Setembro de 1672, lhe tinha dado uma filha, Emilie Eleonore.

No entanto, os seus esforços para se separar legalmente da esposa não tiveram sucesso, uma vez que nenhum teólogo ou jurista conseguiu encontrar motivos legítimos para o divórcio. Apesar de tudo, Bernardo não deixou a sua amante e os dois acabaram por se casar numa cerimónia presidida por um padre jesuíta chamado Andreas Wigand.[2] Assim, Bernardo tornou-se num dos poucos membros da realeza a cometer bigamia. O casamento foi considerado nulo e ilegal pouco tempo depois; resignado, Bernardo decidiu reconciliar-se com Marie Charlotte e, um ano depois, os dois tiveram mais um filho.

Marie Charlotte morreu em Jena aos cinquenta anos de idade, tendo sobrevivido ao marido e a três dos seus filhos. Foi sepultada na Stadtkirche, em Jena.[3]

GenealogiaEditar

Os antepassados de Marie Charlotte de la Trémoille em três gerações
Marie Charlotte de la Trémoille Pai:
Henri de La Trémoille
Avô paterno:
Claude de La Trémoille
Bisavô paterno:
Louis III de La Trémoille
Bisavó paterna:
Jeanne de Montmorency
Avó paterna:
Carlota Brabantina de Nassau
Bisavô paterno:
Guilherme I, Príncipe de Orange
Bisavó paterna:
Carlota de Bourbon
Mãe:
Marie de La Tour d'Auvergne
Avô materno:
Henri de La Tour d'Auvergne, Duque de Bouillon
Bisavô materno:
François de La Tour d'Auvergne
Bisavó materna:
Eléonore de Montmorency
Avó materna:
Isabel de Nassau
Bisavô materno:
Guilherme I, Príncipe de Orange
Bisavó materna:
Carlota de Bourbon

ReferênciasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Marie Charlotte de la Trémoille
  1. Spanheim, Ézéchiel (1973). ed. Emile Bourgeois, ed. Relation de la Cour de France. Col: le Temps retrouvé (em French). Paris: Mercure de France. pp. 121, 344–345 
  2. Morganatic and Unequal Marriages in German Law [retrieved 28 September 2014].
  3. Saxe-Weimar-Eisenach line in: : Royaltyguide.nl [retrieved 28 September 2014].