Abrir menu principal
Mario Ageno
Nascimento 2 de março de 1915
Livorno
Morte 23 de dezembro de 1992 (77 anos)
Roma
Nacionalidade Italiano
Orientador(es) Enrico Fermi
Campo(s) Biofísica

Mario Ageno (Livorno, 2 de março de 1915Roma, 23 de dezembro de 1992) foi um biofísico italiano, considerado o fundador da biofísica na Itália.[1]

Índice

Vida e formaçãoEditar

Nascido em Livorno em uma família genovesa, estudou física durante dois anos em Gênova, quando um de seus professores percebeu seu talento como cientista, e recomendou que ele fosse estudar em Roma. Assim o fez, e a partir de 1934 começou a colaborar com os "Rapazes da Via Panisperna" sobre física nuclear e raios cósmicos; esta última área foi assunto de seu doutorado (laurea) em 1936, orientado por Enrico Fermi.[2] Foi um dos últimos estudantes italianos a ser aluno de Fermi antes dele emigrar para os Estados Unidos.[3] Em 1938 foi recrutado para trabalhar com Edoardo Amaldi no primeiro acelerador de partículas italiano.[4]

CarreiraEditar

Aos 21 anos de idade Ageno foi selecionado para trabalhar com os "ragazzi di via Panisperna" durante seus anos finais; quando eclodiu a Segunda Guerra Mundial foi convocado e lutou na Líbia. Em 1949 foi para o Departamento de Física do Istituto Superiore di Sanità, sob a direção de Giulio Cesare Trabacchi, a quem sucedeu no cargo de chefe do departamento em 1959. Com a colaboração de Franco Graziosi devotou as atividades do departamento à biofísica.

Graças à colaboração com Adriano Buzzati-Traverso lecionou na Universidade de Pavia em 1960-1961, e tornou-se membro do primeiro conselho científico do Istituto di Genetica e Biofisica de Traverso. Modou-se do Istituto Superiore di Sanità para a Universidade de Roma "La Sapienza" em 1969, aceitando o primeiro cargo de professor de biofísica da história italiana. Tornando-se famoso por seu rigor com os estudantes, continuou sua pesquisa no ambiente universitário, focando em modelos matemáticos e físicos para o crescimento bacteriano, desenvolvendo uma visão complexa sobre as relações entre física e biologia, que são resumidas em seu livro Che cos'è la vita? In occasione del cinquantenario di What Is Life? di Erwin Schrödinger (italiano para "O que é a vida? Na ocasião do quinquagésimo aniversário de "What is Life?" de Erwin Schrödinger). Durante sua carreira escreveu cerca de trezentos trabalhos científicos publicados e um punhado de livros de divulgação. Tornou-se membro da Accademia dei Lincei, e foi agraciado com um grau honorário em biologia.

Aposentadoria e morteEditar

Mario Ageno aposentou-se em 1985,[5] e morreu subitamente em 23 de dezembro de 1992. Seus papeis pessoais (54 caixas) estão guardados no Departamento de Física da Universidade de Roma "La Sapienza".[6] Uma rua em Roma leva seu nome.[7]

Publicações selecionadasEditar

  • Mario Ageno (1990). «Orientamenti per una teoria della divisione cellulare - A new proposal concerning the timing of cellular division». Rendiconti Lincei. 1 (1): 73–79. doi:10.1007/BF03001751 
  • M. Ageno, A. Battistini, E. Liberati e A. M. F. Valli (1990). «Verifiche sperimentali della teoria della crescita batterica. I - Experimental tests of the theory of growth of a bacterial culture. I». Rendiconti Lincei. 1 (1): 55–62. doi:10.1007/BF03001749 
  • M. Ageno; M. Claro; A. de Blasio (1990). «Verifiche sperimentali della teoria della crescita batterica. II - Experimental tests of the theory of growth of a bacterial culture. II». Rendiconti Lincei. 1 (1): 63–71. doi:10.1007/BF03001750 
  • M. Ageno, S. Agudio e M. Benevolo (1990). «II passaggio di una coltura batterica dalla crescita aerobica a quella anaerobica I - The transition of a bacterial culture from aerobic to anaerobic growth conditions. I». Rendiconti Lincei. 1 (1): 81–89. doi:10.1007/BF03001752 
  • M. Ageno; S. Agudio; M. Benevolo; A. M. F. Valli (1990). «Il passaggio di una coltura batterica dalla crescita aerobica a quella anaerobica I - The transition of a bacterial culture from aerobic to anaerobic growth conditions. II». Rendiconti Lincei. 1 (2): 219–227. doi:10.1007/BF03001898 

Referências

  1. Omaggio a Mario Ageno
  2. Mario Ageno (em inglês) no Mathematics Genealogy Project
  3. Foresta Martin, F. e Calcara, G. "Per una storia della geofisica italiana: La nascita dell'Istituto Nazionale di Geofisica (1936) e la figura di Antonino Lo Surdo". Milano: Springer, 2010. p. 57
  4. Amaldi, Ugo. Particle Accelerators: From Big Bang Physics to Hadron Therapy. Springer, 2014. p. 49
  5. Ageno, Mario, Edoardo Amaldi e L Maiani. "Fisica e Biofisica Oggi: Atti del Simposio in Onore di M. Ageno : Roma, 1-2 Ottobre 1985" : Società Italiana di Fisica, Bologna, Italy. Bologna: Editrice Compositori, 1989.
  6. Mario Ageno papers, 1914-1993.
  7. Via Mario Ageno, 00146 Roma (RM)

Ligações externasEditar