Marjorie Morningstar

filme de 1958 dirigido por Irving Rapper

Marjorie Morningstar (bra Até o Último Alento[1][2]) é um filme norte-americano de 1958, do gênero drama romântico, dirigido por Irving Rapper, com roteiro de Everett Freeman baseado no romance homônimo de Herman Wouk.[3]

Marjorie Morningstar
No Brasil Até o Último Alento
 Estados Unidos
1958 •  cor •  128 min 
Direção Irving Rapper
Produção Milton Sperling
Roteiro Everett Freeman
Baseado em Marjorie Morningstar, de Herman Wouk
Elenco
Gênero drama romântico
Música Max Steiner
Direção de fotografia Harry Stradling Sr.
Direção de arte Malcolm C. Bert
Edição Folmar Blangsted
Companhia(s) produtora(s) Beachworld Pictures
Distribuição Warner Bros.
Lançamento Estados Unidos 24 de abril de 1958
Idioma inglês

Danny Kaye, a quem o principal papel masculino era destinado, desistiu do projeto ao ver que este filme sobre judeus tinha "judaísmo demais". Jack Warner concordou então em escalar um não judeu para o papel — Gene Kelly. Assim, Marjorie Morningstar viu seu grau de judaísmo diminuir.[4] Ainda assim, o filme é um dos melhores de Natalie Wood, segundo Ken Wlaschin.[5]

SinopseEditar

Filha de judeus classe média de Nova Iorque, a jovem Marjorie Morgenstern (depois Morningstar) é apaixonada pelo glamour do show business. Ela também é apaixonada pelo charmoso e despreocupado Noel Airman, o produtor de uma companhia teatral que se apresenta nas redondezas. Noel, que se afastou de suas raízes judias, não é bem visto pela família de Marjorie, que acha que ele devia ter uma profissão mais estável, como médico ou advogado. Enquanto a relação tem altos e baixos, Marjorie completa os estudos e batalha por uma carreira de atriz. Já Noel abandona o teatro e passa a trabalhar numa agência de publicidade. Nas horas vagas, completa um musical que iniciara antes de conhecer Marjorie. A essa altura, o relacionamento entre os dois se aprofunda...[4]

Principais premiaçõesEditar

Prêmio Categoria Recipiente Situação
Oscar 1959 Melhor canção original "A Very Precious Love" (Sammy Fain, Paul Francis Webster) Indicado
Golden Globe 1959 Revelação feminina Carolyn Jones Venceu

ElencoEditar

Ator/Atriz Personagem
Gene Kelly Noel Airman
Natalie Wood Marjorie Morgenstein
Claire Trevor Rose Morgenstein
Everett Sloane Arnold Morgenstein
Martin Milner Wally Wronkin
Carolyn Jones Marsha Zelenko
George Tobias Maxwell Greech
Martin Balsam Doutor David Harris
Jesse White Lou Michaelson
Edd Byrnes Sandy Lamm
Paul Picerni Philip Berman
Alan Reed Puddles Podell
Ruta Lee Imogene Norman
Ed Wynn Tio Samson

Referências

  1. «Revista das estreias». Cine Repórter. Rio de Janeiro. 15 de agosto de 1959. p. 11. Consultado em 31 de outubro de 2019 
  2. DIDONET, Humberto (15 de agosto de 1959). «Estreias da semana». Jornal do Dia (ano XIII, n.º 3.753). Porto Alegre. p. 9. Consultado em 31 de outubro de 2019 
  3. «Marjorie Morningstar (1958)». American Film Institute. Consultado em 31 de outubro de 2019 
  4. a b Hirschhorn, Clive (1986). The Warner Bros. Story (em inglês). Londres: Octopus Books. ISBN 9780706427578 
  5. Wlaschin, Ken (1985). The World's Great Movie Stars and Their Films (em inglês). Londres: Peerage Books. ISBN 1850520046 
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.