Abrir menu principal

Martim Pais Ribeira (1170 - depois de 1235) foi um nobre e Cavaleiro medieval do Reino de Portugal, tendo sido Rico-homem da Casa do rei Sancho II. Exerceu o cargo de Governador, pelo menos em 1229 e 1235, da localidade de Lanhoso, freguesia portuguesa do concelho de Póvoa de Lanhoso. Foi o fundador da linhagem de Berredo.[1]

Relações familiaresEditar

Foi filho de Paio Moniz de Ribeira e de Urraca Nunes de Bragança.[2] Casou com Maria Pais de Berredo (ou de Valadares), filha de Paio Soares de Valadares e de Elvira Vasques de Soverosa[3] de quem teve:

  • Aldara Martins da Ribeira casou com Fernão Lopes,[5]
  • Elvira Martins da Ribeira casou com N... Nunes e depois foi monja em Lorvão. Em 1264, com sua irmã, doa bens em Oliveira do Douro ao Mosteiro de Grijó.[5]

Referências

BibliografiaEditar

  Este artigo sobre figuras históricas de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.