Meet Joe Black

filme de 1998 dirigido por Martin Brest
Meet Joe Black
Conhece Joe Black? (PRT)
Encontro Marcado[1] (BRA)
 Estados Unidos
1998 •  cor •  181 min 
Direção Martin Brest
Produção Martin Brest
Roteiro Bo Goldman
Kevin Wade
Ron Osborn
Jeff Reno
Elenco Brad Pitt
Anthony Hopkins
Claire Forlani
Jake Weber
Marcia Gay Harden
Jeffrey Tambor
Gênero drama
fantasia
romance
Música Thomas Newman
Cinematografia Emmanuel Lubezki
Edição Joe Hutshing
Michael Tronick
Companhia(s) produtora(s) City Light Films
Distribuição Universal Pictures
Lançamento Estados Unidos 13 de novembro de 1998[2]
Brasil 11 de dezembro de 1998[1]
Idioma inglês
Site oficial

Meet Joe Black (Brasil: Encontro Marcado /Portugal: Conhece Joe Black?) é um filme de fantasia romântico americano lançado em 1998, remake do filme Death Takes a Holiday, de 1934. A película é protagonizada por Brad Pitt, Anthony Hopkins e Claire Forlani, e a realização esteve a cargo de Martin Brest.

Foi o segundo filme de Hopkins e Pitt juntos após o filme Legends of the Fall, de 1994. O filme recebeu críticas mistas dos críticos. Arrecadou US$143 milhões em todo o mundo.

SinopseEditar

O filme conta a história de William "Bill" Parrish (Anthony Hopkins), um empresário norte-americano que, dias antes de completar 65 anos de idade, recebe a visita de um estranho e misterioso homem, Joe Black (Brad Pitt), que se apresenta como sendo a Morte personificada. Em troca de mais algum tempo de vida, Bill aceita ser o guia de Joe na Terra, para este ficar a saber como é a vida dos mortais. No entanto, Bill e Joe deparam-se com algo que nenhum esperava: Joe apaixona-se por Susan (Claire Forlani), a filha mais nova de Bill.

ElencoEditar

LocaçõesEditar

A cenas da suíte de William Parrish (Anthony Hopkins) foram filmadas em Nova York, na cobertura do Pierre Hotel, na 5ª Avenida, no East Side de Manhattan.

As cenas de interior do apartamento e dos escritórios da Parrish Communications também foram rodadas em Nova York, no histórico prédio do 14th Regiment Armory, em South Slope, Brooklyn.[3]

O local onde Susan Parrish e o rapaz da cafeteria se encontram pela primeira vez é o Broadway Restaurant, no Upper West Side, Manhattan.[4]

As cenas da casa de campo de Wiliam Parrish, incluindo os jardins, foram rodadas na Aldrich Mansion - edificação do final do século XIX situada às margens da baía de Narragansett, em Warwick (Rhode Island). A mansão, que originalmente pertencia ao senador Nelson W. Aldrich, foi adquirida pela Diocese de Providence, em 1939.

BilheteriaEditar

Meet Joe Black foi lançado em 13 de novembro de 1998 e arrecadou US$15,017,995 no mercado interno no fim de semana de abertura (11/13-15) na terceira posição, atrás do segundo fim de semana de The Waterboy e da abertura de I Still Know What You Did Last Summer.[5]

Enquanto o filme teve um retorno decepcionante nas bilheterias domésticas de US$44,619,100, foi muito melhor no exterior. Ao receber US$98,321,000 adicionais, o filme arrecadou um total mundial de US$142,940,100.[6]

Como Meet Joe Black foi um dos poucos filmes que exibiram o primeiro trailer de Star Wars: Episode I - The Phantom Menace, foi relatado que milhares de fãs de Star Wars compraram ingressos para o filme, apenas para sair após a exibição do trailer.[7]

Resposta críticaEditar

Meet Joe Black recebeu críticas mistas dos críticos, elogiando as performances, mas criticando a duração de três horas do filme, o ritmo lento e o roteiro.[8][9] Roger Ebert deu três estrelas, mas não gostou das falas periféricas da história e do final excessivamente prolongado. Ele concluiu que, apesar de suas falhas, "há muita coisa boa nesse filme".[10] Peter Travers da Rolling Stone, achava que a maioria dos personagens era unidimensional.[9] Anthony Hopkins recebeu elogios uniformes por sua performance, com Travers opinando que Bill Parrish de Hopkins era o único personagem plenamente realizado no filme; Mick LaSalle comentou que "a atuação de Hopkins é tão emocionalmente completa que os menores momentos...se misturam com complexidades de pensamento e sentimento".[11] Brad Pitt, por outro lado, recebeu uma resposta mista, com LaSalle chamando o desempenho de tão ruim "isso dói" e James Berardinelli chamando de "execrável".[11][8]

O filme tem uma resposta de 53% "Rotten" do Rotten Tomatoes, com o consenso do site chamando o filme de "Glacialmente lento, [e] sem intercorrências".[12] Ele ganhou uma indicação ao Framboesa de Ouro por Pior Remake ou Sequência.

Versão editadaEditar

Foi feita uma versão de duas horas para exibição na televisão e nos voos das companhias aéreas, cortando a maior parte da trama envolvendo os negócios de Bill Parrish. Como Brest ridicularizou essa edição de seu filme e a deserdou, o crédito do diretor foi alterado para o pseudônimo de Hollywood Alan Smithee.

  A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. a b «Brad Pitt dá um tom romântico à morte». São Paulo: Folha de S.Paulo, caderno Ilustrada. 11 de dezembro de 1998. Consultado em 4 de março de 2018 
  2. «FILM REVIEW; When Death Comes to Call, Serve Peanut Butter». The New York Times. 13 de novembro de 1998. Consultado em 4 de março de 2018 
  3. «Film Crews Are Generating The Magic and the Backlash». www.nytimes.com. 6 de julho de 1997 
  4. «Meet Joe Black Filming Locations». movie-locations.com 
  5. «Weekend Box Office Results for November 13–15, 1998». Box Office Mojo. 3 de fevereiro de 2011. Consultado em 3 de março de 2011 
  6. «Meet Joe Black (1998)». Box Office Mojo. Consultado em 3 de março de 2011 
  7. «What Happened When The Phantom Menace's Trailer Was Shown In Theaters». CINEMABLEND. 25 de novembro de 2014 
  8. a b Berardinelli, James (1998). «Meet Joe Black (United States, 1998)». reelviews.net. Consultado em 7 de maio de 2017 
  9. a b «Meet Joe Black». Rolling Stone. 11 de março de 1998. Consultado em 7 de maio de 2017 
  10. «Meet Joe Black». Rogerebert.com. 13 de novembro de 1998. Consultado em 27 de fevereiro de 2020 
  11. a b «Colorless 'Joe Black'/Brad Pitt's Death is lethally dull, but Hopkins breathes life into overly long romance». San Francisco Chronicle. 13 de novembro de 1998. Consultado em 8 de maio de 2017 
  12. «Meet Joe Black». RottenTomatoes.com. Consultado em 8 de maio de 2017