Abrir menu principal

Galáxia do Sombreiro

(Redirecionado de Messier 104)
Galáxia do Sombreiro
Galáxia do Sombreiro, Telescópio Espacial Hubble
Descoberto por Pierre Méchain
Data de descoberta de 1767
Dados observacionais (J2000)
Constelação Virgo
Tipo SA(s)a;[1] LINER[1]
Asc. reta 12h 39m 59.4s[1]
Declinação -11° 37′ 23″[1]
Distância 29,3 ± 1,6 Mal (9,0 ± 0,49 Mpc)
Redshift 0,003416 ± 0,000017[1]
(904 ± 7 km/s)[1]
Magnit. apar. 8,98[1]
Dimensões 8′,7 × 3′,5[1]
Outras denominações
Messier 104,[1] NGC 4594,[1] PGC 42407,[1] UGCA 293[1]
Mapa
Galáxia do Sombreiro
Virgo constellation map.png

A galáxia do Sombreiro (Messier 104, NGC 4594), é uma galáxia espiral com núcleo brilhante rodeado por um disco achatado de material escuro, que fica a 28 milhões de anos-luz de distância.

Essa brilhante galáxia é conhecida como sombreiro devido a sua aparência característica que se assemelha a um chapéu, foi descoberta em 1781, pelo astrônomo Pierre Mechain.

A galáxia NGC 4594 possui uma magnitude aparente de +8,3, uma declinação de -11º 37' 23" e uma ascensão reta de 12 horas, 39 minutos e 59,4 segundos.

Descoberta e visualizaçãoEditar

 
Messier 104, ESO

A galáxia espiral foi a primeira entrada constada apenas nas versões modernas do catálogo de objetos do céu profundo do astrônomo francês Charles Messier: sua última edição, publicada no anuário astronômico francês Connaissance des temps, contém apenas 103 entradas. Messier 104 foi adicionado ao catálogo em meados do século XX por Helen Sawyer Hogg e Owen Gingerich baseado em cartas enviadas pelo assistente de Messier, Pierre Méchain, a Jacob Bernoulli alguns anos após a publicação da última edição do catálogo.[2]

Em 1921, Camille Flammarion, de posse da cópia pessoal de Messier de seu próprio catálogo, também notou que o objeto havia sido acrescentado pelo astrônomo francês em suas anotações em 11 de maio de 1781, logo após a publicação da última edição de seu catálogo. William Herschel, descobridor de Urano, descobriu independentemente o objeto em 9 de maio de 1784.[2]

CaracterísticasEditar

A galáxia espiral deve seu nome a sua aparência. É observada praticamente de perfil: o desvio de observação de seu plano galáctico é de apenas 6 graus. É notável a faixa preta em astrofotografias, composta de matéria interestelar: provavelmente foi observada primeiramente por William Herschel.[2]

Seu núcleo galáctico é grande e exibe um intenso brilho, visto mesmo em fotografias de curta exposição. Também possui braços bem definidos e um bulbo com um sistema populoso de aglomerados globulares. Seu halo galáctico se estende por vários milhares de anos-luz além de seu núcleo.[2]

Foi a primeira galáxia a ter um desvio para vermelho detectado, por Vesto Slipher no Observatório Lowell em 1912. Seu desvio para o vermelho corresponde a uma velocidade radial de afastamento de aproximadamente 1000 km/s. Slipher também detectou rotação da galáxia por meio do desvio para o vermelho. É a galáxia dominante de seu grupo galáctico, o grupo M104.[2]

GaleriaEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l «NASA/IPAC Extragalactic Database». Results for M104. Consultado em 9 de julho de 2008 
  2. a b c d e Hartmut Frommert e Christine Kronberg (21 de agosto de 2007). «Messier Object 104» (em inglês). SEDS. Consultado em 7 de junho de 2012 

Ligações externasEditar

     NGC 4592  •  NGC 4593  •  NGC 4594  •  NGC 4595  •  NGC 4596