Michael Lonsdale

Michael Lonsdale
Michael Lonsdale, 2013.
Nascimento 24 de maio de 1931
Paris, França
Nacionalidade francês
Morte 21 de setembro de 2020 (89 anos)
César
2011 - César de melhor ator secundário

Michael Lonsdale (Paris, 24 de maio de 193121 de setembro de 2020) foi um ator francês.

Bilíngue, fluente em inglês, trabalhou em produções de seu país por mais de quarenta anos, com um total de cerca de 140 filmes na carreira,[1] com diretores como Alain Resnais, François Truffaut e Luis Buñuel, foi também solicitado para atuar em produções internacionais, sendo mais conhecido por seus papéis do detetive Label em O Dia do Chacal (1973), Hugo Drax em 007 contra o Foguete da Morte (1979), o Abade de O Nome da Rosa (1986) e em Munique, de Steven Spielberg, como Papa, chefe de um clã de espiões e assassinos.

Em seu anos de teatro, seu círculo de amigos incluía Marguerite Duras, Eugene Ionesco e Samuel Beckett, de quem interpretou obras nos palcos parisienses nos anos 60.[1]

Lonsdale também trabalhou com o diretor português Ruy Guerra, em Eréndira (1983), filme baseado num conto de Gabriel García Márquez.[2]

Morreu em 21 de setembro de 2020, aos 89 anos.[3]

Referências

  1. a b «The Wall Street Journal/A Gentle Screen Giant Subtly Shines». Consultado em 4 de abril de 2011 
  2. «Rotten Tomatoes». Consultado em 4 de abril de 2011 
  3. Guyard, Bertrand (21 de setembro de 2020). «Mort de Michael Lonsdale, le plus mystique des acteurs, à 89 ans». Le Figaro (em francês). Consultado em 21 de setembro de 2020 

Ligações externasEditar