Michele Viale-Prelà

Michele Viale-Prelà (Bastia, 29 de setembro de 1799 - Bolonha, 15 de maio de 1860) foi um cardeal italiano do século XIX.

Michele Viale-Prelà
Cardeal da Santa Igreja Romana
Arcebispo de Bolonha
Info/Prelado da Igreja Católica
Atividade eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Bolonha
Nomeação 28 de setembro de 1855
Predecessor Carlo Oppizzoni
Sucessor Filippo Maria Guidi, O.P.
Mandato 1855 - 1860
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 29 de setembro de 1823
Ordenação episcopal 18 de julho de 1841
por Luigi Lambruschini, B.
Nomeado arcebispo 12 de julho de 1841
Cardinalato
Criação 15 de março de 1852 (in pectore)
7 de março de 1853 (Publicado)

por Papa Pio IX
Ordem Cardeal-presbítero
Título Santos André e Gregório no Monte Celio
Dados pessoais
Nascimento Bastia
29 de setembro de 1799
Morte Bolonha
15 de maio de 1860 (60 anos)
Nacionalidade italiano
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Nascimento editar

Nasceu em Bastia em 29 de setembro de 1799. Quarto filho de Paolo Agostino Viale (1763-1805), rico comerciante de origem genovesa, e de Nicoletta Prelà (+1824). Sobrinho de Tommaso Prelà (1765-1846), que foi médico pessoal do Papa Pio VII e arquiatra papal (1814-1823). Seu irmão Salvatore (1787-1861) foi um conhecido poeta e escritor; e Benedetto (1796-1874) também foi médico pessoal do Papa Pio IX (1856) e arquilatra papal (1861). Recebeu o hábito clerical e a tonsura em 1808.[1]

Educação editar

Estudou no Seminário Romano, Roma, 1814; no Collegio Romano , Roma, onde obteve o doutorado em teologia, em 10 de setembro de 1823; na Universidade La Sapienza, em Roma, onde se doutorou em filosofia; ele também estudou direito. Recebeu o subdiaconato em 21 de setembro de 1822.[1]

Sacerdócio editar

Foi ordenado sacerdote em 29 de setembro de 1823. Trabalhou na Secretaria de Estado e esteve ao serviço do Cardeal Luigi Lambruschini, 1824-1830. Auditor da nunciatura na Suíça, 1828-1836. Prelado doméstico. Minutante e especialista da secretaria de Estado, 1836-1838. Internúncio apostólico extraordinário na Baviera, 9 de agosto de 1838 a 1841.[1]

Episcopado editar

Eleito arcebispo titular de Cartago, em 12 de julho de 1841. Consagrado, em 18 de julho de 1841, na igreja de Ss. Carlo e Biagio ai Catinari, Roma, pelo Cardeal Luigi Lambruschini, B, assistido por Fabio Maria Asquini, arcebispo titular de Tarso, secretário da SC de Bispos e Regulares, e por Lodovico Altieri, arcebispo titular de Efeso, núncio na Áustria. Na mesma cerimônia foram consagrados Girolamo D'Andrea, arcebispo titular de Melitene, secretário da SC do Conselho Tridentino, e Antonio Benedetto Antonucci, bispo de Montefeltro. Núncio na Baviera, 20 de julho de 1841. Assistente do Trono Pontifício, 20 de julho de 1841. Núncio na Áustria, 27 de maio de 1845.[1]

Cardinalado editar

Criado cardeal e reservado in pectore no consistório de 15 de março de 1852; publicado no consistório de 7 de março de 1853. Pro-nuncio na Áustria, 1853 a 1856. Recebeu o chapéu vermelho e o título de Ss. Andrea e Gregorio al Monte Celio, 18 de setembro de 1856. Transferido para a sede metropolitana de Bolgona, 28 de setembro de 1855.[1]

Morte editar

Morreu em Bolonha em 15 de maio de 1860. Exposto e enterrado na catedral metropolitana de Bolonha.[1]

Referências

  1. a b c d e f «Michele Viale-Prelà» (em inglês). cardinals. Consultado em 30 de novembro de 2022