Abrir menu principal

Miguel Ángel Portugal

futebolista espanhol

Miguel Ángel Portugal Vicario (Quintanilla de las Viñas, 28 de novembro de 1955) é um treinador e ex-futebolista espanhol que atuava como meia. Atualmente, treina o Jorge Wilstermann[1].

Miguel Ángel Portugal
Informações pessoais
Nome completo Miguel Ángel Portugal Vicario
Data de nasc. 28 de novembro de 1955 (63 anos)
Local de nasc. Quintanilla de las Viñas, Flag of Spain.svg Espanha
Altura 1,84 m
Informações profissionais
Equipa atual Jorge Wilstermann
Posição Treinador
Ex-meia
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1977–1979
1977–1978
1979–1983
1982
1983–1984
1984–1985
1985–1987
1987–1988
1988–1991
Burgos
Mirandés (emp.)
Real Madrid
Cádiz (emp.)
Rayo Vallecano
Castellón
Real Burgos
Valladolid
Córdoba
Seleção nacional
1979
1979
Espanha Sub 23
Espanha
Times/Equipas que treinou
1996–1997
1997
1997–1999
1999
2003–2004
2006
2006–2007
2009–2011
2012–2013
2014
2014–2015
2015
2016
2017–2018
2018–
Arandina
Real Madrid C
Real Madrid B
CD Toledo
Córdoba
Real Madrid B
Racing Santander
Racing Santander
Bolívar
Atlético Paranaense
Valladolid
Bolívia
Constantinois
Delhi Dynamo
Jorge Wilstermann

CarreiraEditar

Portugal iniciou sua carreira dentro das quatro linhas no Burgos CF, tendo passado durante uma temporada emprestado ao inexpressivo Mirandés. Posteriormente defendeu o Real Madrid por quatro temporadas, sendo que durante a sua passagem pelo clube Merengue esteve emprestado ao Cádiz. Também defendeu o Rayo Vallecano, Castellón, retornou ao Burgos, aonde esteve por duas temporadas, e também o Córdoba[2].

Em meados dos anos 90, após se aposentar profissionalmente, ficou durante quatro temporadas parado, antes virar treinador, quando assumiu o comando do Arandina. Em seguida, comandou o Real Madrid C e B[3]. No ano de 1999, comandou o Toledo, até então na Segunda Divisão espanhola, porém permaneceu no clube por apenas um mês. Depois de alguns anos fora do futebol, comandou o Córdoba para então retornar ao Real Madrid Castilla. Em julho de 2006, assume o comando do Racing Santander, estando durante uma temporada. retornando ao comando do Racing, em meados de 2009. culminando na permanência da equipe na temporada 2009-10 e estando em boa parte da temporada seguinte. tendo de 2012 ao início de 2014, comandado o Bolivar.[4]

No dia 8 de janeiro de 2014, Miguel Portugal foi apresentado e oficializado como o novo técnico do Atlético Paranaense[5][6].

No dia 19 de maio, pediu demissão após um empate em casa com a Chapecoense pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ao todo, comandou o Furacão em 13 partidas, com 5 vitórias, 2 empates e 6 derrotas.

TítulosEditar

Referências

  1. «ISL 2017: Delhi Dynamos squad analysis - Miguel Angel Portugal has an unenviable task at hand | Goal.com» (em inglês) 
  2. Pérez, Carlos (8 de junho de 2004). «Portugal dice adiós al banquillo del Nuevo Arcángel» (PDF) (em espanhol). Mundo Deportivo. p. 24 
  3. González, Luis Miguel (5 de dezembro de 2005). «Miguel Ángel Portugal dirigirá al Castilla». Real Madrid (em espanhol). Consultado em 6 de janeiro de 2014. Arquivado do original em 24 de dezembro de 2013 
  4. El Día (2 de janeiro de 2014). «Claure anuncia que Portugal no es más el técnico de Bolívar» (em espanhol). Consultado em 6 de janeiro de 2014 
  5. Globoesporte.com (8 de janeiro de 2014). «Atlético-PR confirma espanhol Miguel Ángel Portugal como novo técnico». 11h02. Consultado em 8 de janeiro de 2014 
  6. Globoesporte.com (8 de janeiro de 2014). «Miguel Ángel Portugal chega ao CT e já mira Libertadores: 'Importantíssima'». 14h06. Consultado em 8 de janeiro de 2014 
Precedido por
Vágner Mancini
Técnico do Atlético-PR
2014
Sucedido por
Doriva