Miguel Paleólogo (filho de João V)

Miguel Paleólogo (em grego: Μιχαήλ Παλαιολόγος; m. 1376/1377) foi um filho do imperador bizantino João V Paleólogo (r. 1341–1391), governador de Mesembria e reclamante do Império de Trebizonda. Pouco se sabe sobre sua vida. Nasceu em algum momento após 1351, como o terceiro ou quarto filho de João V com sua esposa Helena Cantacuzena. Ele foi casado com uma princesa búlgara, filha de Dobrotitsa, e foi elevado à posição de déspota em data desconhecida.[1][2]

Em 1366, Miguel acompanhou seu pai em sua visita de Buda, a capital do Reino da Hungria, onde procurou ajuda contra os turcos otomanos.[2] Por ca. 1371, foi governador do porto de Mesembria na costa do mar Negro na Trácia. Em novembro de 1373, velejou para Trebizonda, onde tentou forçar a deposição do imperador Aleixo III. Sua frota de três navios ancorou fora do porto por cinco dias, quando foi forçado a partir devido ao fracasso da expedição.[3] Ele foi assassinado em 1376/1377 por seu cunhado Terter.[2]

Referências

  1. Guilland 1959, p. 64.
  2. a b c Trapp 2001, 21522.
  3. Fallmerayer 1844, p. 35.

BibliografiaEditar

  • Fallmerayer, J. Phil (1844). Original-Fragmente, Chroniken, Inschiften und anderes Materiale zur Geschichte des Kaiserthums Trapezunt in Abhandlungen der historischen Classe der königlich bayerischen Akademie. 4. [S.l.: s.n.] 
  • Trapp, Erich; Hans-Veit Beyer; Sokrates Kaplaneres; Ioannis Leontiadis (2001). Prosopographisches Lexikon der Palaiologenzeit. Viena: Verlag der Österreichischen Akademie der Wissenschaften