Milan Martić

Milan Martić (sérvio cirílico: Милан Мартић, nascido em 18 de novembro de 1954) é ​​um político sérvio, ex-presidente da República Sérvia da Krajina. Era um alto comandante rebelde das forças sérvias na Croácia durante a Guerra de Independência da Croácia.

Milan Martić
Nascimento 18 de novembro de 1954
Žagrović (República Popular Federal da Iugoslávia)
Cidadania Croácia, República Socialista Federativa da Iugoslávia
Etnia Sérvios
Ocupação político, agente da polícia, militar
Religião Igreja Ortodoxa Sérvia
Martic-order1995.jpg

Martic foi condenado por crimes de guerra e crimes contra a humanidade; tais como homicídio, deportação, tortura e outras atrocidades cometidas contra populações não-sérvias em Krajina e pelo ataque com míssis contra Zagreb, pelo Tribunal Penal Internacional para a ex-Iugoslávia (TPIJ) em 12 de junho de 2007 a 35 anos de prisão.[1][2]

Referências

Ligações ExternasEditar