Abrir menu principal

Minamoto no Tameyoshi

Minamoto no Tameyoshi
Nascimento 1096
Morte 17 de agosto de 1156 (60 anos)
Cidadania Japão
Filho(s) Minamoto no Yoshitomo
Ocupação samurai, militar
Causa da morte decapitação

Minamoto no Tameyoshi (源 為義? , 1096-17 de agosto de 1156) foi um samurai chefe do Clã Minamoto, e neto de Minamoto no Yoshiie, liderou os Minamoto durante a Rebelião Hōgen. Tameyoshi também foi conhecido como Mutsu Shirō (陸奥 四郎?) [1].

Minamoto no Tameyoshi desde cedo interveio em uma série de conflitos. Em 1113, a rivalidade entre os sohei de Mii-dera e Enryaku-ji se transformou em violência aberta nas ruas de Kyoto. Embora a guarda do palácio se mobilizou rapidamente para proteger o imperador, Tameyoshi chegou primeiro e com um punhado de samurais a cavalo levou a turba para longe do palácio [2].

Mas onde ficou mais conhecido foi na rebelião Hogen. Com a morte do Imperador Toba seus filhos Go-Shirakawa e Sutoku iniciaram uma luta para ver quem ficava com o Trono do Crisântemo [2].

Tameyoshi, líder do clã Minamoto junto com Taira no Tadamasa e Fujiwara no Yorinaga se uniram a Sutoku [2].

Go-Shirakawa recebeu apoio de Fujiwara no Tadamichi, primogênito do Regente Fujiwara no Tadazane, Minamoto no Yoshitomo, primogênito de Tameyoshi e Taira no Kiyomori, chefe do Clã Taira e sobrinho de Tadamasa [2].

Após a derrota de Sutoku, Tameyoshi foi levado à tonsura e liberado sob a custódia de seu filho Yoshitomo e então cometeu Seppuku [2].

Referências

  1. James King, Yuriko Iwakiri (2007). Japanese warrior prints. 1646-1904 (em inglês). Leiden: Hotei. 404 páginas. ISBN 9789074822848 
  2. a b c d e George Sansom (1958). A History of Japan. To 1334 (em inglês). Stanford, California: Stanford University Press. 249 páginas. ISBN 9780804705233 


  Este artigo sobre História do Japão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.