Miranda (Arcos de Valdevez)

freguesia do município de Arcos de Valdevez, Portugal

Miranda é uma freguesia portuguesa do município de Arcos de Valdevez, com 10,02 km² de área[1] e 245 habitantes (censo de 2021)[2]. A sua densidade populacional é 24,5 hab./km².

Portugal Portugal Miranda 
  Freguesia  
Mosteiro de Santa Maria de Miranda
Mosteiro de Santa Maria de Miranda
Mosteiro de Santa Maria de Miranda
Localização
Localização no município de Arcos de Valdevez
Localização no município de Arcos de Valdevez
Localização no município de Arcos de Valdevez
Miranda está localizado em: Portugal Continental
Miranda
Localização de Miranda em Portugal
Coordenadas 41° 50' 9" N 8° 29' 55" O
Região Norte
Sub-região Alto Minho
Distrito Viana do Castelo
Município Arcos de Valdevez
Código 160121
Administração
Tipo Junta de freguesia
Características geográficas
Área total 10,02 km²
População total (2021) 245 hab.
Densidade 24,5 hab./km²
Sítio http://www.jf-miranda.com

É composta pelos seguintes lugares: Agrochão, Almoinha, Bogalhosa (ou Bogalhoça), Carvalhal (dividido com Rio Cabrão), Casal, Senim, Cendufe, Cotão, Devesinha, Letrigo (dividido com Rio Cabrão), Mangoeiros, Padrão, Pontinha, Raposeira, Regueira, Represas, Ribeiro e Vaqueira.

Festas e romarias: Santo António (13 de junho), Senhora do Emigrante (agosto), Senhora da Peneda (em Letrigo a 8 de setembro).

Demografia

editar

A população registada nos censos foi:[2]

População da freguesia de Miranda[3]
AnoPop.±%
1864 986—    
1878 1 008+2.2%
1890 943−6.4%
1900 953+1.1%
1911 929−2.5%
1920 942+1.4%
1930 900−4.5%
1940 1 103+22.6%
1950 1 218+10.4%
1960 1 160−4.8%
1970 995−14.2%
1981 757−23.9%
1991 575−24.0%
2001 435−24.3%
2011 325−25.3%
2021 245−24.6%
Distribuição da População por Grupos Etários[4]
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 43 31 198 163
2011 19 28 123 155
2021 11 11 98 125

Mosteiro de Santa Maria de Miranda

editar

O Mosteiro de Santa Maria de Miranda é um dos mais antigos mosteiros do concelho de Arcos de Valdevez dedicados a São Bento. O Mosteiro já existia antes de ser beneditino em 1588. É um edifício românico do século XIII, que sofreu alterações contemporâneas, sendo de realçar o seu interior em estilo barroco, bem como os seus azulejos.[5][6]

A história de Arcos de Valdevez está muito ligada a São Bento e à sua Ordem, a qual marcou presença indelével em todo o concelho, até à extinção das ordens religiosas em 1834. As fundações do convento, segundo a tradição, remontam a 659, tendo sido seu fundador o Bispo de Braga, S. Frutuoso. Na tradição das peregrinações a São Bento por parte do povo arcuense, este mosteiro não constitui grande atração, em comparação com o São Bento de Ermelo e São Bento do Cando.[7]

Património cultural edificado

editar

Referências

  1. «Carta Administrativa Oficial de Portugal CAOP 2013». descarrega ficheiro zip/Excel. IGP Instituto Geográfico Português. Consultado em 10 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 9 de dezembro de 2013 
  2. a b Instituto Nacional de Estatística (23 de novembro de 2022). «Censos 2021 - resultados definitivos» 
  3. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  4. INE. «Censos 2011». Consultado em 11 de dezembro de 2022 
  5. Igogo – Mosteiro de santa Maria de Miranda
  6. Página da freguesia de Miranda
  7. Terra de Val de Vez, Boletim Cultural, G.E.P.A – Nº1, 1980
  Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.