Missão Hope Mars

Missão de Exploração Espacial

A missão Hope Mars (em árabe: مسبار الأمل; romaniz.: Al Amal, "esperança"), também chamada missão Emirates Mars, é uma missão de exploração espacial com o objetivo de atingir a órbita do planeta Marte. A sonda foi lançada em 19 de julho de 2020[1] e entrou na órbita do planeta em 9 de fevereiro de 2021.[2][3]

A sonda sendo preparada para o lançamento no Japão

A sonda foi construída pelo Centro Espacial Mohammed bin Rashid, uma organização espacial emiradense, em colaboração com a Universidade do Colorado em Boulder, Universidade Estadual do Arizona e a Universidade da Califórnia em Berkeley. A sonda estudará o clima de Marte, bem como particularidades de sua atmosfera, como as tempestades de poeira e as variações climáticas nas diferentes regiões do planeta. Tentará ainda chegar a uma resposta sobre a perda de hidrogênio e oxigênio da atmosfera de Marte para o espaço.

A missão está sendo preparada por uma equipe de engenheiros emiradenses em colaboração com instituições de investigação estrangeira. Pelo planejamento da missão, sua chegada a Marte foi prevista para fevereiro de 2021, o que coincidirá com o aniversário dos 50 anos da formação dos Emirados Árabes Unidos. Segundo seus construtores, a sonda será o primeiro satélite meteorológico em torno de Marte.[4]

Objetivos científicosEditar

Para decidir sobre seus objetivos científicos, a equipe de EMM consultou o Mars Exploration Program Analysis Group, um fórum internacional liderado pela NASA que considera as missões a Marte passadas e atuais e identifica as lacunas no conhecimento para resolver em futuras missões a Marte.[5] A equipe EMM selecionou um conjunto de três instrumentos e uma órbita supersíncrona alta para fornecer uma visão global da atmosfera de Marte. A órbita EMM tem um periapse de cerca de 20 000 km, um apoapso de cerca de 43 000 km e um período de 55 horas.[6] Esta órbita foi selecionada com o objetivo de estudar a atmosfera diariamente e por meio de ciclos sazonais, eventos climáticos na baixa atmosfera, como tempestades de poeira, e comparar o clima em diferentes áreas geográficas de Marte. De acordo com a equipe da Missão Hope Mars, a sonda será o "primeiro satélite meteorológico verdadeiro" em Marte.[7]

A sonda Hope estudará as camadas atmosféricas de Marte em detalhes e fornecerá dados para estudar: a razão para uma mudança climática drástica na atmosfera marciana desde o momento em que poderia sustentar água líquida até hoje, quando a atmosfera é tão fina que pode existir água apenas como gelo ou vapor, para ajudar a entender como e por que Marte está perdendo seu hidrogênio e oxigênio no espaço, e a conexão entre os níveis superior e inferior da atmosfera marciana.[8] Dados da sonda Hope também ajudarão a modelar a atmosfera da Terra e estudar sua evolução ao longo de milhões de anos. Todos os dados obtidos com a missão serão disponibilizados para 200 universidades e institutos de pesquisa em todo o mundo para fins de compartilhamento de conhecimento.[9]

InstrumentosEditar

Para atingir os objetivos científicos da missão, a sonda Hope está equipada com três instrumentos científicos:[10]

  • Emirates eXploration Imager (EXI) é uma câmera multibanda capaz de tirar imagens de alta resolução com uma resolução espacial superior a 8 km. Ele usa um mecanismo de roda seletora que consiste em seis filtros passa-banda discretos para amostrar a região espectral óptica: três bandas UV e três bandas visíveis (RGB). O EXI mede as propriedades da água, gelo, poeira, aerossóis e abundância de ozônio na atmosfera de Marte. O instrumento foi desenvolvido no LASP em colaboração com MBRSC.[11]
  • Emirates Mars Infrared Spectrometer (EMIRS) é um espectrômetro de infravermelho térmico interferométrico desenvolvido pela ASU e MBRSC. Ele examina perfis de temperatura, gelo, vapor d'água e poeira na atmosfera. O EMIRS fornecerá uma visão da atmosfera inferior e média. O desenvolvimento foi liderado pela ASU[10][12] com suporte do MBRSC.[13]
  • O Espectrômetro Ultravioleta Emirates Mars (EMUS) é um espectrógrafo de imagem ultravioleta que mede as emissões na faixa espectral de 100-170 nm para medir as características globais e a variabilidade da termosfera e da corona de hidrogênio e oxigênio. O design e o desenvolvimento foram liderados pelo LASP.[14]

Projeto de missãoEditar

A Advanced Space, com sede em Boulder, Colorado, está fornecendo serviços de design de missão para a missão.[15] O Advanced Space criou a trajetória de referência, as manobras de referência e a lista de eventos científicos. Eles também fornecem verificação para todas as manobras, bem como os alvos de lançamento.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Clark, Stephen. «Live coverage: Emirates Mars Mission launches from Japan – Spaceflight Now» (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2020 
  2. «crosslink.ae». crosslink.ae. Consultado em 14 de fevereiro de 2021 
  3. «Sucesso! Missão árabe Hope Mars já está na órbita de Marte». Canaltech. 9 de fevereiro de 2021. Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  4. Chang, Kenneth (15 de fevereiro de 2020). «From Dubai to Mars, With Stops in Colorado and Japan» (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 15 de fevereiro de 2020 
  5. Gibney, Elizabeth. «How a small Arab nation built a Mars mission from scratch in six years». www.nature.com (em inglês). Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  6. «Emirates Mars Mission to Arrive at Mars on Feb. 9th in partnership with LASP at CU Boulder|LASP|CU-Boulder». lasp.colorado.edu. Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  7. «Emirates Mars Mission - Scientific Goals». web.archive.org. 6 de abril de 2016. Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  8. «Emirates Mars Mission - Scientific Goals». web.archive.org. 6 de abril de 2016. Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  9. «UAE unveils details of UAE Mars mission». gulfnews.com (em inglês). Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  10. a b «Emirates Mars Mission - Mars Probe». web.archive.org. 22 de março de 2016. Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  11. meetingorganizer.copernicus.org - pdf
  12. Altunaiji, Eman; Edwards, Christopher; Smith, Michael; Christensen, Philip; AlMheiri, Suhail; Reed, Heather (1 April 2017). "Emirates Mars Infrared Spectrometer (EMIRS) Overview from the Emirates Mars Mission". Egu General Assembly Conference Abstracts. 19: 15037. Bibcode:2017EGUGA..1915037A
  13. «Emirates Mars Mission to launch with ASU-designed instrument | University Senate». usenate.asu.edu. Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  14. Lootah, F. H.; Almatroushi, H.R.; AlMheiri, S.; Holsclaw, G.; Deighan, J.; Chaffin, M.; Reed, H.; Lillis, R. J.; Fillingim, M. O. (1 December 2017). "Emirates Mars Ultraviolet Spectrometer (EMUS) Overview from the Emirates Mars Mission". AGU Fall Meeting Abstracts. 23: P23D–2777. Bibcode:2017AGUFM.P23D2777L
  15. «Ground Segment». www.emiratesmarsmission.ae (em inglês). Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  Este artigo sobre exploração espacial é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.