A mitologia galega é o conjunto de mitos mais ou menos relacionados (ou mesmo sem ligações entre si), relatos que fazem parte da cultura do povo galego, através do discurso oral, da narração ou de expressões culturais de origem sagrada e que posteriormente foram secularizados e tratados como discursos relativos a esta cultura, a uma época concreta ou a uma série de crenças de carácter imaginário.[1]

DescriçãoEditar

Os mitos são relatos baseados na tradição e na lenda criados para explicar o universo, a origem do mundo, os fenómenos naturais e qualquer outra coisa para a qual não houvesse uma explicação simples.

Porém, nem todos os mitos têmn de ter este propósito explicativo. A maioria deles está relacionada com uma força natural ou uma divindade, mas muitos são simplesmente histórias e lendas que se foram transmitindo oralmente de geração em geração.

ImagensEditar

Ver tambémEditar

BibliografiaEditar

  • Xoán Ramiro Cuba, Antonio Reigosa, Xosé Miranda; ilustr. de Enríquez, Lázaro (1999). Dicionario dos seres míticos galegos. Xerais. ISBN 84-8302-363-6.
  • Xosé Miranda, Antonio Reigosa e Xoán Ramiro Cuba, Pequena mitoloxía de Galicia. Edicións Xerais de Galicia, 2001

Referências

  1. Galicia Encantada. «Seres míticos». Consultado em 18 de abril de 2018