Mortimer Wheeler

Mortimer Wheeler
Nascimento 10 de setembro de 1890
Glasgow
Morte 22 de julho de 1976 (85 anos)
Londres
Cidadania Reino Unido
Cônjuge Tessa Wheeler
Alma mater University College London, Universidade de Londres
Ocupação arqueólogo, pré-historiador, apresentador de televisão
Prêmios Cruz Militar, Membro da Ordem do Império Indiano, Membro da Sociedade dos Antiquários, Membro da Academia Britânica
Empregador Universidade de Londres

Robert Eric Mortimer Wheeler (Glasgow, 10 de setembro de 1890 – Leatherhead, 22 de julho de 1976) foi um dos principais arqueólogos britânicos do século XX, criador do método estratigráfico para escavações e estudo de sítios arqueológicos.

BiografiaEditar

ortimer Wheeler estudou na Universidade de Londres, obtendo o mestrado em 1912. Já em 1913 começou a trabalhar com uma bolsa concedida pela universidade em conjunto com a Sociedade de Antiquários de Londres, cujo valor foi dobrado pelo arqueólogo e professor Sir Arthur Evans do próprio bolso. No entanto, foi convocado para lutar durante a Primeira Guerra Mundial, sendo comissionado para a França e depois para a Alemanha no período final da guerra.

Foi diretor do Museu Nacional de Gales de 1920 a 1926, e administrador do Museu de Londres de 1926 a 1944. Suas escavações em solo britânico incluíram o sítio pré-histórico do Castelo Maiden, em Dorset, a cidade romana de Verulâmio (St. Albans) e as fortificações antigas de Stanwick. Com o início da Segunda Guerra Mundial, alistou-se novamente e lutou em brigadas anti-aéreas no norte da África e na Itália.

Ao voltar às atividades civis, tornou-se diretor geral da das escavações britânicas na Índia, explorando detalhadamente os sítios de Moenjodaro e Harapa, principais cidades da Civilização do Vale do Indo. Em 1952 obteve o título de Sir, como reconhecimento pelos seus trabalhos em Arqueologia.

Motimer Wheeler se tornou bastante conhecido do grande público britânico, graças aos seus livros e às suas participações em programas de rádio e TV.

Inovações metodológicasEditar

Mortimer Wheeler foi pioneiro no uso de estratigrafia para estudar as ocupações sucessivas em sítios arqueológicos e criou um método de grades para catalogar melhor a posição dos achados nos sítios, posteriormente aperfeiçoado pela arqueóloga Kathleen Kenyon. Influenciado pela metodologia de Pitt Rivers, Wheeler procurou sistematizar o máximo possível o estudo e a catalogação de todos os artefatos do sítio, registrando-os como foram encontrados nas suas posições exatas. Wheeler também procurou publicar o mais rápido possível os resultados de suas escavações, procurando fazer um retrato completo mas inteligível dos sítios a um publico mais amplo.

Obras publicadasEditar

  • The excavation of Maiden Castle, Dorset : second interim report (1936).
  • Five thousand years of Pakistan; an archaeological outline (1950).
  • Reports of the Research Committee of the Society of Antiquaries of London No.XVII: The Stanwick Fortifications, North Riding of Yorkshire (1954).
  • Archaeology from the earth (1954).
  • Roman art and architecture (1964).
  • Civilizations of the Indus Valley and beyond (1966).
  • Early India and Pakistan: to Ashoka (1970). (edição em português: Índia e Paquistão, Verbo, 1972.)
  Este artigo sobre arqueologia ou arqueólogos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.