Mouronho

freguesia do município de Tábua, Portugal

Mouronho é uma freguesia portuguesa do município de Tábua, com 24,02 km² de área[1] e 755 habitantes (censo de 2021)[2]. A sua densidade populacional é 31,4 hab./km².

Portugal Portugal Mouronho 
  Freguesia  
Mouronho
Mouronho
Mouronho
Símbolos
Brasão de armas de Mouronho
Brasão de armas
Gentílico Mouronhense
Localização
Mouronho está localizado em: Portugal Continental
Mouronho
Localização de Mouronho em Portugal
Coordenadas 40° 16' 50" N 8° 2' 37" O
Região Centro
Sub-região Região de Coimbra
Distrito Coimbra
Município Tábua
Código 061609
Administração
Tipo Junta de freguesia
Características geográficas
Área total 24,02 km²
População total (2021) 755 hab.
Densidade 31,4 hab./km²
Outras informações
Orago São Julião

História editar

A freguesia de Mouronho pertence ao concelho de Tábua e distrito de Coimbra; está situada na margem direita do rio Alva, afluente do Mondego e dista cerca de oito quilómetros da sede concelhia. O orago da freguesia é São Julião que, segundo reza a lenda, era um rapaz de muito boa família, fidalgo da Corte e muito devoto. Um dia, a família dele decidiu casá-lo com Brasiliza, e, para não contrariarem as suas famílias, decidiram aceder ao casamento, mas fizeram o acordo de se manterem castos para sempre. Tiveram uma vida dura, de sacrifício e renegação às riquezas, luxos e tentações. No seu palácio, viviam separados, dedicando-se ambos à educação e protecção de velhinhos, crianças, doentes e pobres, que ali albergavam e de quem cuidavam.
O topónimo "Mouronho" deriva do antropónimo latino "Mauronius", derivado de "Maurus", "Mauro", fazendo possivelmente referência a um senhor, possuidor de terras no local.
São escassas as informações relativas à freguesia, principalmente acerca da origem do seu povoamento; a própria arqueologia é rara e não permite induzir o que quer que seja acerca da ancianidade da ocupação humana no território.
Mouronho foi um priorado da apresentação da mitra e pertenceu ao concelho de Coja, até à sua extinção em 31 de Dezembro de 1853. Passou, então, para o concelho de Arganil e, em 24 de Outubro de 1855, foi anexada ao concelho de Tábua. Mouronho recebeu foral do Bispo D. Jorge, de Coimbra, documento que veio mais tarde a ser reconhecido por D. Manuel I, em Lisboa, a 12 de Setembro de 1514.
Do património cultural, edificado da freguesia de Mouronho, destacam-se: a Igreja Matriz e o solar de Taborda. A praia fluvial é um dos locais de maior interesse turístico da freguesia.
A nível económico, a população da freguesia de Mouronho ocupa-se essencialmente de atividades do setor primário, como a agricultura, na qual se destacam as produções cerealíferas; o comércio e o artesanato são também atividades fundamentais para o equilíbrio da economia local, destacando-se no artesanato a tecelagem.

Aldeias editar

A freguesia de Mouronho é constituída por 20 aldeias:

  • Alvoeira
  • Canhestro
  • Castanheira
  • Catraia de Mouronho
  • Fontão
  • Malhada Velha
  • Meda
  • Mouronho
  • Outeiro
  • Pereira
  • Pereirinha
  • Pousadouros
  • Ronqueira
  • São Fagundo
  • Serra da Moita
  • Vale de Urze
  • Venda da Serra
  • Venda do Vale
  • Vila Carvalhal
  • Pousadouros
 
Localização no município de Tábua

Demografia editar

A população registada nos censos foi:[2]

População da freguesia de Mouronho[3]
AnoPop.±%
1864 1 647—    
1878 1 632−0.9%
1890 1 728+5.9%
1900 1 713−0.9%
1911 1 630−4.8%
1920 1 559−4.4%
1930 1 552−0.4%
1940 1 552+0.0%
1950 1 698+9.4%
1960 1 364−19.7%
1970 1 033−24.3%
1981 1 100+6.5%
1991 1 080−1.8%
2001 984−8.9%
2011 840−14.6%
2021 755−10.1%
Distribuição da População por Grupos Etários[4]
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 145 120 446 273
2011 97 96 429 218
2021 67 72 379 237

Património editar

  • Igreja de S. Julião (matriz)
  • Capelas de Nossa Senhora da Conceição, de Santa Eufémia, de São João Baptista e de S. João
  • Casa oitocentista (e Capela de Nossa Senhora das Dores)
  • Solar do Taborda
  • Praia fluvial

Referências

  1. «Carta Administrativa Oficial de Portugal CAOP 2013». descarrega ficheiro zip/Excel. IGP Instituto Geográfico Português. Consultado em 10 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 9 de dezembro de 2013 
  2. a b Instituto Nacional de Estatística (23 de novembro de 2022). «Censos 2021 - resultados definitivos» 
  3. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  4. INE. «Censos 2011». Consultado em 11 de dezembro de 2022 
  Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.