Movimento dos Nigerinos para a Justiça

Movimento dos Nigerinos para a Justiça (em francês: Mouvement des Nigériens pour la justice, MNJ) é um grupo militante predominantemente de etnia tuaregue, do norte do Níger. Entretanto, o MNJ também tem incluído outras etnias nômades dentro desta área, como os tubus e os fulanis que também se juntaram ao grupo, que tem lutado contra o governo do Níger desde 2007.[1][2]

O MNJ reivindica que uma maior parte das receitas da riqueza de urânio do norte do Níger seja investida na região. O Níger é um dos cinco maiores produtores de urânio do mundo. O MNJ também exige uma restrição da área, que será afetada pela expansão das minas de urânio, para proteger o espaço necessário para criar seus animais.[3][4][5]

Referências

  1. May Ying Welsh (14 de julho de 2008). «Niger's Nomad Army». Al Jazeera 
  2. Alex Sehmer and May Welsh (14 de julho de 2008). «Niger's nomads fight for rights». Al Jazeera 
  3. May Ying Welsh (15 de julho de 2008). «Desertification threatens Niger's nomads». Al Jazeera 
  4. May Ying Welsh (16 de julho de 2008). «Niger's natural wealth exploited». Al Jazeera 
  5. Alex Sehmer and May Welsh (14 de julho de 2008). «Shifting sands of Tuareg fortune». Al Jazeera