Maomé Ali

(Redirecionado de Muhammad Ali do Egito)
Disambig grey.svg Nota: Para outras pessoas de mesmo nome, veja Mehmet Ali (desambiguação).

Maomé Ali (em turco: Kavalalı Mehmet Ali Paşa; em árabe: محمد علي باشا; romaniz.: Muḩammad ‘Alī; Cavala, c.1769Cairo, 2 de agosto de 1849) foi quediva (vice-rei) do Egito de 1805 a 1848 na condição de governador do Império Otomano em nome do sultão.

Maomé Ali
Nascimento محمد علي المسعود بن إبراهيم آغا
4 de março de 1769
House of Muhammad Ali (Império Otomano)
Morte 2 de agosto de 1849 (80 anos)
Alexandria (Egito Otomano)
Sepultamento Muhammad Ali Mosque
Cidadania Egito Otomano
Etnia Albaneses
Cônjuge Amina Hanim, Ayn al-Hayat Khanum
Filho(s) Sa'id of Egypt, Ibraim Paxá, Tusun Pasha, Ismail Kamil Pasha, Zeinab Hanim Effendi
Ocupação líder militar, político, estadista,
Prêmios
  • Grã-Cruz da Ordem de Franz Joseph
Religião sunismo

Considerado como o fundador do Egito moderno, introduziu grandes reformas no país entre elas, a construção de canais de irrigação para melhor distribuição das águas do Rio Nilo, construção de prédios, instituição de novas leis, impostos, etc e a modernização do exército. Conseguiu considerável autonomia frente ao Império Otomano e também ampliou consideravelmente suas fronteiras.[1][2]

Foi o pai de Ibrahim Paxá, que derrotou as forças sauditas em 1817.[3]

Referências

  1. Encyclopedia of World Biography. Muhammad Ali Pasha (em inglês).
  2. Encyclopedie Larousse. Méhémet-Ali (em francês).
  3. Governo da Arábia Saudita, The Kingdom - History of Saudi Arabia Arquivado em 19 de dezembro de 2012, no Wayback Machine.

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Maomé Ali
  Este artigo sobre um político é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  Este artigo sobre História do Egito é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.