Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Serviço de Inteligência Iraquiano
Jihaz Al-Mukhabarat Al-A'ma
Resumo da agência
Formação 1973
Órgãos precedentes Jihaz al Khas (Special Apparatus)
Dissolução 2003
Jurisdição Governo do Iraque
Sede Bagdá, Flag of Iraq (1991–2004).svg Iraque
Executivos da agência Brg. Gen. Majid Hasan al-Majid (1995 - 2003), diretor

O Serviço de Inteligência Iraquiano, em inglês Iraqi Intelligence Service (Jihaz Al-Mukhabarat Al-A'ma), também conhecido como Mukhabarat, Diretoria Geral de Inteligência, ou Inteligência do Partido, foi a principal organização de inteligência do estado no Iraque sob Saddam Hussein. O IIS estava principalmente preocupado com a coleta e análise da inteligência internacional, mas também atuava em diversas atividades realizadas dentro do Iraque.

A seção mais importante do IIS foi a Direção 4 - Serviço Secreto. Um dos diretores mais conhecidos foi Rafi' Dahham Mejwel Al-Tikriti (em árabe: رافع دحام مجول التكريتي), ex-embaixador do Iraque na Turquia e o último Chefe do Serviço de Inteligência do Iraque. O Serviço Secreto foi encarregado de se infiltrar tanto nos governos estrangeiros e nacionais, sindicatos, embaixadas, e grupos de oposição. O IIS muitas vezes trabalhou em estreita colaboração com a Diretoria de Segurança Geral Iraquiana (o equivalente iraquiano do FBI) na realização de atividades domésticas.

O IIS é acusado de ser responsável por uma série de assassinatos e tentativas de assassinato no exterior. Estes incluem os assassinatos do xeque Talib al-Suhail al-Tamimi em Beirute (Abril de 1994), Aiatolá Mehdi al-Hakim no Sudão (janeiro de 1988), e Dr. Ayad Habashi em Roma (Outubro de 1986), bem como nos quase bem sucedidos assassinatos do presidente George H.W. Bush, do ex-primeiro-ministro iraquiano Ayad Allawi e do Emir do Kuwait.[1][2]

DiretoresEditar

Referências

  1. Richard A. Clarke (2004). Against All Enemies:Inside America's War on Terror (em inglês). [S.l.]: Free Press. p. 80. 320 páginas. ISBN 0-7432-6045-7 
  2. David Von Drehle; R. Jeffrey Smith (27 de junho de 1993). «U.S. Strikes Iraq for Plot to Kill Bush» (em inglês). Washington Post. pp. A01. Consultado em 15 de janeiro de 2013 

Ligações ExternasEditar