Abrir menu principal

Mulude, maulide ou molude[1] (em árabe: مولد; transl.: mawlid, mevlid, mevlit, mulud) ou mulude nabi xarife (em árabe: مَولِد النَّبِي‎; transl.: mawlidu n-nabiyyi) é a recordação islâmica realizada por alguns muçulmanos do nascimento do Profeta Maomé.[2]

Não há qualquer menção ao evento no Alcorão; pelo contrário, segundo os companheiros de Maomé, este proibiu a celebração de seu aniversário, dizendo:[2]

Não exagereis sobre mim como os cristãos exageraram sobre o filho de Maria. Eu sou apenas um e servo, temente a Alá.

Ao longo dos tempos, alguns teólogos opuseram-se a esta prática considerando-a como alheia à religião muçulmana (bid'ahs, "inovações que conduzem ao pecado"). É provável que ela seja o resultado de influências cristãs, em concreto a celebração do Natal como data do nascimento de Jesus Cristo. O uaabismo, uma corrente do Islão surgida no século XVIII e que é hoje oficial na Arábia Saudita, é contra esta celebração.[carece de fontes?]

Mesmo assim, milhares de muçulmanos pelo mundo comemoram o aniversário com canções e orações. Em alguns países são feitos desfiles e tornou-se ao longo dos anos o hábito da queima de fogos de artifício. [carece de fontes?]

Para os sunitas, a celebração de 1207 foi a primeira. Nessa data, em Irbil (perto de Moçul naquilo que é hoje o Iraque), o cunhado de Saladino, Almuzafar Adim Gocburi, organizou grandes celebrações da ocasião, com a presença de vários músicos e saltimbancos. [carece de fontes?]

Mulude no calendário gregorianoEditar

As seguintes datas para a celebração desta festa são apenas aproximadas. A primeira data refere-se à data dos sunitas e a segunda a dos xiitas.[carece de fontes?]

  • 2006:11 de Abril, 16 de Abril
  • 2007:31 de Março, 5 de Abril
  • 2008:20 de Março, 25 de Março
  • 2009:9 de Março, 14 de Março
  • 2010:26 de Fevereiro, 3 de Março.

Referências e fontes

  1. Alves 2014, p. 666.
  2. a b «Aniversário do Profeta». Relato de Al-Bukhari e explicação de Sheik. Consultado em 21 de janeiro de 2009 

BibliografiaEditar

  • Alves, Adalberto (2014). Dicionário de Arabismos da Língua Portuguesa. Lisboa: Leya. ISBN 9722721798 
  Este artigo sobre o Islamismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.