Abrir menu principal

Wikipédia β

NAsH Oswaldo Cruz (U-18)

NAsH Oswaldo Cruz (U-18), maio de 2009.

O NAsH Oswaldo Cruz (U-18) é uma embarcação da Marinha do Brasil que exerce a função de Navio de assistência hospitalar.

Subordinado ao comando da Flotilha do Amazonas (9º Distrito Naval), desenvolve atividades de atendimento de saúde (médica e odontológica) às comunidades ribeirinhas.

Origem do nomeEditar

O nome do navio é uma homenagem a Oswaldo Gonçalves Cruz (1872—1917) que foi um cientista, médico, bacteriologista, epidemiologista e sanitarista brasileiro. O "Candiru da Amazônia" navega sob o lema "Saúde onde houver vida!"

ConstruçãoEditar

Foi projetado e construído no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ) para operar na região amazônica, é o primeiro de sua classe.

  • Lançamento: 11 de julho de 1983
  • Incorporação: 29 de maio de 1984

CaracterísticasEditar

NAsH Oswaldo Cruz (U-18) navegando na Amazônia.

[1]

  • Deslocamento: 360 toneladas (padrão), 490 toneladas (plena carga).
  • Dimensões: 47 m de comprimento, 8.5 m de boca e 1.8 m de calado.
  • Propulsão: diesel; 2 motores diesel Scania de 714 bhp.
  • Velocidade: 7 nós rio acima e 12 nós descendo o rio
  • Raio de ação: 3000 milhas náuticas
  • Eletricidade: 2 geradores diesel de 180 kVA e 1 de 60 kVA.
  • Equipamentos: 2 lanchas rápidas para transporte de pessoal.
  • Aeronaves: convôo capaz de operar 1 helicóptero do tipo Bell Jet Ranger IH-6 ou 1 Hélibras Esquilo UH-12.
  • Tripulação: 27 homens,sendo 6 oficiais e 22 praças
  • Equipe médica: 4 oficiais médicos, 2 oficiais dentistas e 15 praças enfermeiros/farmacêuticos.
  • Facilidades médicas: 2 ambulatórios, 2 gabinetes odontológicos, 2 gabinetes médico/farmácia,1 laboratório, 1 farmácia, 1 sala de raio X, 2 enfermarias, 1 sala de cirurgia, sistema de computadores para cadastramento dos ribeirinhos e sala para instrução e palestras.

Índice

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar