Nat King Cole & Me

Nat King Cole & Me
Álbum de estúdio de Gregory Porter
Lançamento 27 de outubro de 2017 (2017-10-27)
Gravação 2017
Estúdio(s) Inglaterra AIR Studios
Estados Unidos Capitol Studios
Gênero(s) Jazz
Duração 49:34
Formato(s)
Gravadora(s)
Produção Gregory Porter
Cronologia de Gregory Porter
Take Me to the Alley
(2016)
One Night Only
(2018)

Nat King Cole & Me é o quinto álbum de estúdio do cantor e compositor estadunidense Gregory Porter, lançado em 2017.[1] No álbum, Porter interpreta canções anteriormente gravadas por Nat King Cole, lendário cantor de jazz norte-americano, ou composições próprias inspiradas no universo discográfico deste.[2][3] O álbum foi lançado pelo selo Blue Note Records em parceria com a Decca Records, sendo amplamente aclamado pela crítica especializada. Porter, por sua vez, cita Cole como "uma parte importante de sua infância e uma influência em sua carreira".[3]

AntecedentesEditar

Porter passou a se interessar pela música de Nat King Cole ainda criança em Bakersfield, Califórnia, na década de 1970. Sua mãe era uma pregadora da Igreja Batista e comandava um lar sem a presença do marido.[3] Aos seis anos de idade, Porter compôs uma canção que performou para sua mãe. Ela teria dito: "Filho, você se parece com Nat King Cole."[4] A reação de sua mãe o motivou a revirar a coleção de música da família, onde encontrou vários álbuns de Cole.[4]

Porter teve a ideia de produzir um álbum em tributo a Cole cerca de 25 anos antes da realização do projeto, mas passou a planejar seriamente a gravação um ano antes do lançamento. Porter afirma que compartilhou a ideia com Natalie Cole durante um concerto no Royal Albert Hall, em Londres, e que a cantora havia apoiado totalmente a ideia.[5]

A seleção de repertório e arranjo levou de quatro a seis meses da produção do álbum: "A seleção das faixas foi mais difícil porque Nat King Cole tem uma discografia tão ampla que tivemos de resumi-la e escolher. Outro desafio foi conter minhas emoções, literalmente foi um sonha se realizando, me senti muito bem."[6] Entre as canções escolhidas pelo álbum estavam "I Wonder Who My Daddy Is", uma canção gravada originalmente por Freddy Cole - irmão do homenageado - e "When Love Was King", anteriormente gravada no álbum Liquid Spirit. O álbum foi gravado no AIR Studios, em Londres, Inglaterra, com arranjos de Vince Mendoza. Porter contou com o apoio de uma orquestra de 70 instrumentos, sendo a primeira gravação artista com uma orquestra completa.[5]

Lista de faixasEditar

Título Duração
1. "Mona Lisa"   4:19
2. "Smile"   4:18
3. "Nature Boy"   3:45
4. "L-O-V-E"   2:09
5. "Quizas, Quizas, Quizas"   4:31
6. "Miss Otis Regrets"   4:31
7. "Pick Yourself Up"   3:12
8. "When Love Was King"   7:44
9. "The Lonely One"   4:34
10. "Ballerina"   2:54
11. "I Wonder Who My Daddy Is"   3:48
12. "The Christmas Song"   3:46

CréditosEditar

Desempenho nas tabelas musicaisEditar

Tabela musical (2017) Melhor
posição
  Escócia (OCC) 3
  Reino Unido (OCC) 3

Referências